São Brás de Alportel convida a “Inovar nas Terras Ardidas”

Os municípios de São Brás de Alportel e de Tavira, em parceria com o Soifer Editor, promovem, no próximo dia […]

Os municípios de São Brás de Alportel e de Tavira, em parceria com o Soifer Editor, promovem, no próximo dia 20, sábado, o debate “Inovar nas Terras Ardidas – Novas abordagens para a Serra do Caldeirão”, um encontro aberto aos residentes da serra e público em geral, interessado na recuperação e dinâmica agrícola das terras serranas.

Sendo as práticas agrícolas uma das mais interessantes medidas de prevenção contra os fogos, este debate pretende ser um incentivo a novas abordagens à zona serrana, contando para tal com a presença de especialistas internacionais e nacionais que vão abordar o tema, a partir de casos de sucesso.

A ter lugar a partir das 15h00, no Museu do Trajo de São Brás de Alportel, o debate contará com uma sessão de abertura, com intervenções dos presidentes das câmaras municipais de São Brás de Alportel e de Tavira, António Eusébio e Jorge Botelho, respetivamente, e do consultor internacional Jack Soifer.

O debate prosseguirá com as intervenções de quatro oradores, especializados em diferentes áreas do saber. Jorge Santos, professor em diversas escolas de Agronomia, será o primeiro orador da tarde, abordando a temática numa perspetiva agrícola e de produtividade dos solos, para descortinar “O que há nas cinzas? O que se pode fazer?”.

Prosseguirá no encontro João Silva, professor e produtor biológico, especializado em permacultura, cultivo biológico e mercados, que pretende partilhar conhecimentos, mas também a sua experiência profissional.

O terceiro orador da tarde, o agrónomo José Silva, direcionará o seu discurso para o combate à propagação de incêndios com recurso à plantação de figueiras da índia em locais estrategicamente planeados.

O consultor internacional Jack Soifer será o quarto e último orador a dirigir-se à plateia, numa alusão à semi-industrialização de frutos e respetivas exportações.

Segue-se um breve momento de animação protagonizado por Carla Lopes que dá voz ao Rap “É para mudar”, de autoria de Marta Gregório, dos INOVAAANTES, que assinala o início de um terceiro momento aberto a depoimentos de alguns empresários locais, alguns membros do grupo INOVAAANTES, bem como à população em geral.

Artur Rego, deputado do CDS/PP eleito pelo Algarve, e Jamila Madeira, ex-eurodeputada algarvia do PS, encerram o debate apresentando sugestões para que a Serra do Caldeirão, objeto de debate em particular, possa “renascer das cinzas”.

Seguir-se-á um momento de convívio que integra provas de vinho, bem como a apreciação de diversas obras de Jack Soifer sobre a problemática das terras ardidas.

Comentários

pub
pub