Orquestra do Algarve lança 6º CD com obras de Piazzolla

Aproveitando as comemorações do 10º Aniversário, a Orquestra do Algarve (OA) lança agora o seu sexto CD, de edição própria, […]

Aproveitando as comemorações do 10º Aniversário, a Orquestra do Algarve (OA) lança agora o seu sexto CD, de edição própria, inteiramente dedicado a obras do notável compositor argentino Astor Piazzolla.

Gravado em novembro de 2008, na Universidade do Algarve, sob a direção musical de Cesário Costa, um dos mais ativos maestros portugueses da sua geração, o novo CD conta com a participação do aclamado solista de acordeão Gonçalo Pescada.

O reportório inclui “As Quatro Estações Portenhas”, com arranjo de Ian Mikirtoumov, uma homenagem ao tango de Buenos Aires, bem como à música “séria” do grande compositor italiano Vivaldi.

Destaque ainda para o Concerto “Aconcagua”, outra das obras-primas de topo de Piazzolla.

Na realidade, Piazzola foi o compositor de tango importante da segunda metade do século XX, tendo deixado como legado a sua inestimável obra – que abrange uns cinquenta discos – e a enorme influência do seu estilo.

Gonçalo Pescada iniciou os estudos musicais aos 8 anos no Algarve e continuou a sua formação em Lisboa (Instituto Musical Vitorino Matono), Castelo Branco (Escola Superior de Artes Aplicadas) e França (Centre National et International de Musique et Accordéon).

Com o 1º Prémio no Concurso de Interpretação do Estoril (Portugal, 2006), Gonçalo Pescada viu a sua carreira tomar um rumo internacional, realizando recitais em Espanha, França, Reino Unido, Alemanha, Itália e Bulgária.

Tem gravado para rádios e televisões, destacando-se a RDP Antena 2, a RTP e a Rádio e Televisão Nacional Búlgara. Atualmente realiza um Doutoramento em Interpretação na Universidade de Évora.

Cesário Costa foi Diretor Artístico e Maestro Titular da Orquestra Clássica de Espinho e da Orquestra do Algarve, bem como Diretor Artístico dos Concertos Promenade do Coliseu do Porto. Foi agraciado com a medalha de mérito cultural pelo Município de Vila Nova de Gaia. Em 2007 convidado para vice-presidente do Júri do Prémio Jovens Músicos. Paralelamente à atividade como maestro, assumiu lugares de docente em várias escolas e foi professor na Universidade Católica Portuguesa.

É maestro titular da OrchestrUtopica e Principal Maestro Convidado da Orquestra do Algarve. Desde dezembro de 2008 é presidente da Metropolitana (Associação Música, Educação e Cultura) e Diretor Artístico da Orquestra Metropolitana de Lisboa.

A Orquestra do Algarve já gravou dois CD para a etiqueta Naxos, um para a editora Marco Polo e outro para a Numérica. Em novembro de 2006, a Orquestra do Algarve lançou o seu quinto CD, duplo, de edição própria, com obras de Mozart.

O novo CD encontra-se à venda na sede da Associação Musical do Algarve, em Faro.

Comentários

pub
pub