IDP relança debate sobre o Algarve e a economia nacional

“O Algarve e a economia nacional” é o tema do Fórum do Instituto da Democracia Portuguesa (IDP), marcado para sábado […]

“O Algarve e a economia nacional” é o tema do Fórum do Instituto da Democracia Portuguesa (IDP), marcado para sábado e domingo, dias 28 e 29 de março, no Hotel Porto Bay Falésia, nos Olhos de Água, em Albufeira. 

A manhã de sábado está divida em duas partes, a primeira dedicada a vocação marítima de Portugal e do Algarve, a segunda destinada ao debate que faltava fazer sobre os prós e os contras da exploração dos hidrocarbonetos e qual interesse nacional e regional dessa exploração, um tema que a todos os contribuintes e eleitores diz respeito.

“Será que sabemos seguir o exemplo da Noruega – explorar e desenvolver recursos aparentemente distintos de forma integrada, coordenada e sustentada?”, são algumas das perguntas que os organizadores gostariam de ver respondidas.

Mas as jornadas do IDP-Algarve não se ficam por aqui: ao longo de dois dias estarão em debate seis painéis que vão desde os Recursos do Mar aos Recursos da Terra, passando pelas Vias de Comunicação e portagens, Regionalização e o nicho do património arqueológico e arquitetónico face ao setor do Turismo.

Estarão em debate opiniões de protagonistas bem conhecidos dos algarvios, na qualidade de oradores, moderadores ou relatores, como Desidério Silva, D. Manuel Neto Quintas, João Guerreiro, Mendes Bota, Macário Correia, Cecília Honório, Miguel Freitas, Paulo Sá, Artur Rêgo, João Vasconcelos, major-general Luís Tavares Nunes, comandante Joaquim Villas-Boas, Dália Paulo, António Pina, entre muitos outros, num total de meia centena de pessoas.

Segundo Mendo Castro Henriques, presidente da direção do IDP, «o que pretendemos é promover o aprofundamento da Democracia em Portugal como Estado independente no âmbito da União Europeia. Debates vivos como os que espero sucedam nas “Jornadas IDP-Algarve 2012” são urgentes perante o estado de protetorado em que vivemos. Em momentos de mudança, precisamos ter uma noção muito clara para onde queremos ir e evitar que não voltem a ser cometidos erros de governação. Estas jornadas serão muito úteis ao Algarve e a Portugal».

Para Antonieta Guerreiro, coordenadora do IDP-Algarve, «esta é uma oportunidade de trazer ao Algarve o capital que adquiri em quatro anos de jornalismo, quatro anos com a trabalhar com toxicodependentes e 18 meses de atividade parlamentar num somatório de 12 anos de intervenção pública. Só assim foi possível juntar “à mesma mesa” do melhor que temos no Algarve e no País».

«A política não se resume à vida partidária nem à rodagem de cadeiras parlamentares. É também a cidadania, uma forma de vida. É a minha uma forma de estar em comunidade e em sociedade-civil e de poder ajudar a nossa terra e as nossas gentes» conclui a ex-deputada do PSD/Algarve.

De cariz nacional e suprapartidário, o Instituto da Democracia Portuguesa (IDP) é uma associação sem fins lucrativos, criada em 2007.

Defende a necessidade de Portugal evoluir politicamente para uma sociedade mais democrática, respeitando os princípios de soberania popular e do estado de direito.

Na prossecução destes objetivos, o IDP tem promovido debates em todo o país e apresentado as suas conclusões a entidades governamentais e da sociedade civil.

Em novembro de 2011 teve lugar o Fórum do Alentejo 2011, em Évora, em dezembro tratou-se de O Renascer do Poder Local em Mirandela,em janeiro deste ano, O estado da Troika, em fevereiro, a Regeneração Urbana Sustentável, em março, a Profissionalização do Comércio Internacional, em Lisboa. Abril será o mês do Algarve.

Este novo evento foi preparado por um fórum no Facebook designado “IDP-Algarve”, que tem tido papel importante na amplificação do debate democrático sobre temas de governação que a todos nos convocam. Apesar da participação neste evento ser gratuita, por motivos de organização os responsáveis solicitam a inscrição prévia.

Para efetuar a sua inscrição siga o link: http://bit.ly/HEPqlG
FÓRUM IDP – Algarve

Data: Fim-de-semana de 28 e 29 de Abril | Local: Hotel Porto Bay Falésia, Olhos de Água – Albufeira

PROGRAMA

 

SÁBADO – 28 DE ABRIL

9h15 – Sessão de Abertura:

· Mendo Castro Henriques, presidente executivo do IDP

· Desidério Silva, presidente CM de Albufeira

· Manuel Neto Quintas, bispo da Diocese de Faro

· João Guerreiro, reitor da Universidade do Algarve

· Nuno Pereira da Silva, comandante do Regimento de Infantaria nº 1

· Antonieta Guerreiro, coordenadora IDP – Algarve

 

09H45 – O Mar e os seus Recursos – Painel I : A vocação marítima de Portugal e do Algarve

· Luis Filipe Tavares Nunes, major-general do Exército – Mar e a Plataforma Continental Marítima Portuguesa

· Christian Nordahl, membro do Conselho Norueguês da Pesca- Recursos do mar e pescas

· António Terramoto, dirigente associativo – As pescas e os viveiros no Algarve

Moderador – Joaquim Villas-Boas, comandante

Relatores – Vilma Moniz de Farias, advogada e ex-membro da Comissão Jurídica Federal Brasileira dos Bancos, e Ricardo Oliveira, economista e professor universitário

 

11H00 – Pausa para café

 

11H30 – O Mar e os seus Recursos – Painel II: Petróleo e Gás Natural no Algarve

· Paulino Brilhante Santos, advogado e membro da direção do IDP – Modelo de negócio da Exploração de hidrocarbonetos

· Mendes Bota, economista e deputado do Algarve à AR pelo PSD – Interesse Nacional e interesse Regional da exploração petrolífera

· António Calçada de Sá, presidente da Repsol Portuguesa – A Repsol em Portugal

Moderador – Hélder Nunes, diretor do jornal «Barlavento»

Relatores – Henrique Dias, diretor do jornal «Postal do Algarve» e Bruno Lage, engº de ambiente e presidente «Faro 1540»

 

13H30 – Almoço (Buffet)

 

14 H 30 – Mesa Redonda: O património arqueológico e arquitetónico do Algarve e o Turismo

· Nuno Campos Inácio, investigador, jurista, oficial de justiça, genealogista e escritor

· Virgílio Machado, professor universitário e doutorado em Direito do Turismo

· António Rosa Mendes, professor universitário, historiador e investigador

· David Calado, historiador e antropólogo

· António Pina, presidente do Turismo do Algarve

· Dália Paulo, diretora Regional da Cultura do Algarve

Moderador – Arménio Aleluia, diretor do jornal «Avezinha»

Relatores – Maria João Raminhos Duarte, professor universitária, e Sérgio Brito, escritor, investigador e gerente bancário

 

16H30 – Pausa para café

 

17h00 – Vias de Comunicação e Transportes

· Frederico Brotas de Carvalho, engenheiro civil, membro da direção do IDP – Portugal e o Plano Integrado de Transportes

· Luis Silva Alho, gestor da Linha do Algarve CP/Regional – Os problemas e as soluções na Linha do Algarve

· Arménio Matias, ex-administrador da CP – Portugal/Espanha, ligações ferroviárias.

· João Vasconcelos, coordenador e membro da Comissão de Utentes da Via do Infante

Moderador – Mário Lino, diretor do jornal «O Algarve»

Relatores – Elisabete Rodrigues, diretora do jornal «Sul Informação», e Paulo Rosário Dias, empresário e membro do IDP

 

19H30 – Encerramento do primeiro dia de trabalhos do Fórum IDP Algarve 2012

 

20H00 – Jantar convívio (Buffet), com a presença de várias individualidades nacionais e regionais

 

21H30 – Apresentação de livros de Antonieta Guerreiro, e preleção de Rui Rangel, juiz desembargador e membro da direção do IDP, sobre «A Responsabilidade dos Políticos» seguida de evento cultural e musical que contará, entre outros, com a presença de Raquel Peters

 

DOMINGO, 29 DE ABRIL

10H00 – Estado e Território – Uma nova racionalização

· Álvaro Neves da Silva, economista e membro do Conselho de Regiões do IDP

· Macário Correia, presidente CM Faro e da CIA

· Cecília Honório, deputada à AR pelo Algarve, BE

· Artur Rêgo, deputado à AR pelo Algarve, CDS

· Miguel Freitas, deputado à AR pelo Algarve, PS

· Paulo Sá, deputado à AR pelo Algarve, PCP

Moderador – Mário Antunes, «Portugal em Direto» Antena 1

Relatores – João Palmeiro, presidente da API e membro da direção do IDP e José Borba Martins, consultor e membro IDP

 

13H00 – Almoço (Buffet)

 

14h15 – Mesa Redonda: Empreendedorismo – Produtos tradicionais da terra e do mar

· Rosa Dias, «Quinta da Fornalha»

· Carlos Silva e Sousa, presidente da Assembleia Municipal de Albufeira e vinicultor «Fuzeta»

· Conceição Silva, «Quinta do Freixo»

· Madalena Faísca, «Farrobinha»

· Encarnação Gonçalves, «Quinta dos Avós»

· António Terramoto, «Olhão Livre»

· Ana Soeiro, «Qualifica»

Moderadora – Conceição Branco, ex-diretora do jornal «Observatório do Algarve»

Relatores – Lino Camacho, técnico da DRAP-Algarve, e Ricardo Costa, RP do «Vale da Rosa»

 

16H00 – Pausa para café – Apresentação das «Jóias do Algarve»

(Evento lúdico-gastronómico organizado por Ana Soeiro «Qualifica», Otília Eusébio «Slowfood» e Lino Camacho DRAP-Algarve)

 

17H00 – Sessão de Encerramento, com a presença do Presidente honorário do IDP, D. Duarte de Bragança

· Assinatura de protocolos com associações regionais

· Síntese do Fórum pelos relatores

· Intervenções finais

Comentários

pub
pub