Fado na Igreja de Santo António assinala Dia Internacional dos Monumentos em Lagos

Entradas gratuitas nos equipamentos museológicos, visitas guiadas, atividades lúdicas para os mais pequenos e um espetáculo de fado a decorrer […]

Entradas gratuitas nos equipamentos museológicos, visitas guiadas, atividades lúdicas para os mais pequenos e um espetáculo de fado a decorrer num dos ex-libris patrimoniais e culturais da cidade, a Igreja de Santo António, são a forma de Lagos assinalar o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios.

Para assinalar esta ocasião, a Câmara Municipal associou-se às comemorações a nível nacional promovendo, localmente, várias iniciativas que vão desde entradas gratuitas nos principais equipamentos museológicos, Museu Municipal Dr. José Formosinho, Forte Ponta da Bandeira e Mercado de Escravos, até outras iniciativas de caráter pedagógico, como jogos e ateliês.

A encerrar o programa, está prevista a realização do espetáculo “O Fado acontece na Igreja de Santo António”, numa clara associação deste género musical recentemente classificado de património imaterial da humanidade pela UNESCO, com o valioso património edificado representado por esta Igreja de estilo barroco e um dos ex-libris da cidade, cuja talha dourada é considerada uma das mais belas do país.

O Dia Internacional dos Monumentos e Sítios foi criado pelo ICOMOS a 18 de abril de 1982 e aprovado pela UNESCO no ano seguinte. Esta comemoração tem como objetivo sensibilizar o público para a diversidade e vulnerabilidade do património, bem como para o esforço envolvido na sua proteção e preservação.

O tema proposto para este ano – Do Património Mundial ao Património Local: proteger e gerir a mudança – assinala uma relevante efeméride, o 40º aniversário da Convenção para a Proteção do Património Mundial, Cultural e Natural da UNESCO, no quadro da qual foi estabelecida a conhecida “Lista do Património Mundial”, tendo-se tornado um precioso instrumento para a cooperação internacional e nacional ao serviço da proteção e da valorização do património.

 

PROGRAMA | Dia 18 de ABRIL:

Dia aberto – entrada gratuita a todos os visitantes | 10h00 às 18h00

Locais: Museu e Igreja de Santo António, Mercado de Escravos e Forte Ponta da Bandeira.

 

Jogo da Glória e outros jogos de exploração | 09h30 às 12h30

Local: Museu Municipal Dr. José Formosinho

Público-alvo: 1.º Ciclo do Ensino Básico (mediante inscrição prévia)

Marcações: museu@cm-lagos.pt / 282 762 301

 

Visitas guiadas

Locais: Museu e Igreja de Santo António

Duas sessões: 1.ª sessão – 14h30 às 15h30 | 2.ªsessão – 16h00 às 17h00

(limite de 40 pessoas por sessão).

Marcações: museu@cm-lagos.pt / 282 762 301

 

Atelier “Vamos contar uma história?” | 14h00 às 17h00

Atelier lúdico e pedagógico onde, através de técnicas artesanais, como o papier-maché, se vão construir as personagens de um qualquer conto ou lenda tradicional da região algarvia, dando assim a conhecer um exemplo desse património linguístico local.

Local: Biblioteca Municipal Dr. Júlio Dantas

Público-alvo: 1.º Ciclo do Ensino Básico (mediante inscrição prévia)

Marcações: tania.fernandes@cm-lagos.pt / 282 780 900

 

Espetáculo “O Fado Acontece na Igreja de Santo António” | 22h00

Com os fadistas Helder Coelho e Maria da Saudade, acompanhados pelos músicos Vitor do Carmo, José Santana e António Correia

Local: Igreja de Santo António

Limitado ao número de lugares (100) / Bilhetes: 10€

Mais informações, compra ou reserva de bilhetes: museu@cm-lagos.pt / 282 762 301

Comentários

pub