5ª Travessia da Via Algarviana já tem inscrições abertas

As inscrições para a 5ª Travessia da Via Algarviana já estão abertas, mais uma vez numa organização da Almargem – […]

As inscrições para a 5ª Travessia da Via Algarviana já estão abertas, mais uma vez numa organização da Almargem – Associação de Defesa do Património Cultural e Ambiental do Algarve. Este ano no sentido do Cabo de S. Vicente-Alcoutim, a travessia será realizada nas modalidades Pedestre, Pedestre com burros de carga e BTT.

Assim, a travessia pedestre está marcada para os dias 24 de março a 6 de abril, a pedestre com burros de carga será entre 27 de março e 6 de abril e a de BTT será feita entre 2 e 6 de abril. Ou seja, no último dia todos os participantes irão encontrar-se em Alcoutim.

Os caminhantes farão o percurso em 14 dias, com início no dia 24 de março, percorrendo um setor por dia enquanto os betetistas percorrem os 300 quilómetros, em cinco dias.

No dia 27 de março será a vez dos participantes da modalidade pedestre em burros de carga se reunirem em Alte para no dia seguinte iniciarem o percurso pela Via Algarviana até Alcoutim.

As inscrições nas modalidades pedestre e BTT podem ser feitas exclusivamente através do formulário online disponível em www.viaalgarviana.org (não são aceites inscrições via e-mail ou telefone).

Quanto às inscrições na modalidade pedestre com burros de carga deverá ser feita junto da Sofia von Mentzingen, da empresa Burros & Artes, através do email [email protected], do telefone 282 998 331 ou do telemóvel 967 145 306.

As inscrições na Travessia da Via Algarviana 2012 estão abertas até 31 de março (ou até esgotarem os lugares disponíveis) e são limitadas a 15 pessoas por dia (travessia pedestre), mínimo de 5 pessoas/dia e máximo de 15 pessoas/dia (pedestre com burros de carga), ou ainda a 30 pessoas/dia (bicicleta de Montanha/BTT).

As inscrições custam oito euros por dia, incluindo seguro, transporte de bagagem e alojamento informal (saco cama em local designado pela organização), quando exista.

No caso dos alojamentos informais, em virtude destes serem disponibilizados pelas coletividades, pode existir o pedido de um donativo para essas coletividades.

Segundo a Almargem, os alojamentos informais que serão usados nesta 5ª travessia são:

1- Vila do Bispo: (Pedestre): EB 2,3 de Vila do Bispo

2- Bensafrim: (Pedestre): Clube Estrela Desportiva de Bensafrim

3- Marmelete (Pedestre e BTT): Casa do Povo (Donativo)

4- Monchique (Pedestre): Pavilhão Desportivo Municipal

5- Silves (Pedestre e BTT); Quartel dos Bombeiros Voluntários (Donativo)

6- São Bartolomeu de Messines: (Pedestre): Casa do Povo, valor/pessoa: 10 euros em beliche; 5 euros no chão.

7- Alte (Pedestre): Espaço da Câmara Municipal de Loulé

8- Salir (Pedestre e BTT) EBI,2,3 de Salir

9- Barranco do Velho (Pedestre) Instituto de Solidariedade Social da Serra do Caldeirão, valor: 5  euros

10- Cachopo (Pedestre): Centro de Descoberta do Mundo Rural de Casas Baixas, gerido pela Associação in Loco: 14 euros

11- Vaqueiros (Pedestre e BTT) Salão da Junta de Freguesia, banho no balneário do Clube Desportivo de Vaqueiros (donativo)

12- Furnazinhas (Pedestre): Pavilhão da Cooperativa de Rega: 5 euros

13- Balurcos (Pedestre): Associação de Solidariedade de Balurcos: 5 euros

Para estes alojamentos informais é da responsabilidade dos participantes o material para a dormida (sacos cama, colchões/colchonetes), bem como o material de higiene pessoal.

As refeições não estão incluídas no preço da inscrição. No entanto, a organização propõe menus para o jantar que apresentará atempadamente aos participantes, sendo estes livres de escolher a opção da organização. O preço destes jantares não deverá exceder os 15 euros.

Os jantares estarão ainda sujeitos a reserva prévia pelo que o participante deverá informar a organização com a antecedência mínima de uma semana (7 dias)  sobre a data de início da 5ª travessia da Via Algarviana (24 de março).

A organização garante e oferece a todos os participantes o transporte das bagagens entre etapas, com um limite de 20 quilos e de dois volumes por participante, devidamente identificados.

A organização garante e oferece a todos os participantes o transporte da sua pessoa e da sua bicicleta (caso a utilize na travessia) no último dia desde Alcoutim ao Cabo de S.Vicente.

Para mais informações deverá consultar o regulamento da atividade disponível em http://www.viaalgarviana.org ou www.almargem.org .

Esta 5ª Travessia da Via Algarviana, como sempre promovida pela associação Almargem, conta com o patrocínio da REN, Vila Vita Parc, Grupo de Montanhismo “Sempre por Maus Caminhos” da CGD, bem como com o apoio do Apolónia Supermercados, alguns municípios e juntas de freguesia parceiros, Extremo Sul, MegaSport, Jaffers Supermercados, Moinho de Cachopo, Frutas Guerreiro e Associação Orelhas Sem Fronteiras.

 

O que é a Via Algarviana?

A Via Algarviana é um percurso pedestre de longa distância (300 km), classificado com Grande Rota (GR13).

Inicia-se em Alcoutim, junto ao Guadiana, e termina no cabo de S. Vicente, em Vila do Bispo, passando pelas serras do Caldeirão e Monchique. Atravessa essencialmente zonas florestais e aldeias do interior algarvio, onde persistem ainda muitas das tradições rurais que o projecto pretende dar a conhecer.

Comentários

pub