Portimonense-Moreirense: O treinador é novo, mas o resultado foi o mesmo…

Mudam os treinadores mas os resultados nem por isso… O Portimonense voltou a perder para a Liga Orangina, hoje contra […]

Mudam os treinadores mas os resultados nem por isso… O Portimonense voltou a perder para a Liga Orangina, hoje contra o Moreirense (2-1), na estreia de Lázaro Oliveira como treinador dos alvinegros. A equipa algarvia esteve empatada até perto do fim, mas Wagner, em cima do minuto 90, desfez a igualdade e deu a vitória aos homens de Moreira de Cónegos.

Até ao minuto 26, altura em que a equipa forasteira chegou ao golo, a partida não teve motivos de grande interesse. O Moreirense tinha mais bola, mas não criava perigo, e o Portimonense não conseguia entrar no jogo.

O golo, um belo golo por sinal – por Bruno Moreira, de calcanhar, após cruzamento de Luís Pinto – fez com que Lázaro Oliveira quisesse mudar o rumo dos acontecimentos e, ainda na primeira parte, substituiu Pedro Oliveira – saiu insatisfeito com a opção técnica – e fez entrar Dodó.

Só na segunda parte, já com Rafa, que entrou ao intervalo, em campo o Portimonense melhorou e começou a criar problemas à defesa do Moreirense.

A materialização da melhoria da equipa alvinegra – que até jogou de amarelo – surgiu ao minuto 67 por Semedo. O médio, a cerca de 30 metros da baliza, disparou um “míssil” ao ângulo superior que só parou no fundo das redes do Moreirense.

Com o empate, que não interessava a nenhuma das duas equipas, o jogo tornou-se interessante e ficou mais aberto, com as oportunidades de golo a surgirem perto das duas balizas. Foi mais eficaz o Moreirense.

Ao minuto 90, Wagner, já depois de, no mesmo lance, a bola ter embatido na barra da baliza de Carlos, aproveitou uma bola perdida na área e desfez o empate, que até não assentava mal àquilo que foi o jogo.

Com esta derrota, o Portimonense continua a afundar-se no último lugar da tabela. O penúltimo classificado (Trofense) está já a 4 pontos e a linha-de-água ficou a 5…

Reações:

Casquilha

Foi uma vitória justa do Moreirense. Fomos a melhor equipa, criámos mais oportunidades e, por isso o resultado é justo e é mais valorizado pela entrega do Portimonense. Foi uma vitória muito importante para consolidarmos o segundo lugar.

Lázaro Oliveira

Foi um jogo bastante difícil. A primeira parte foi muito difícil, tivemos alguma dificuldade nas marcações e houve falta de agressividade e de intensidade. O Moreirense chegou à vantagem num erro nosso. Na segunda parte, procurámos corrigir e há que valorizar a entrega dos jogadores. O resultado até aos 90 minutos era mais justo, mas mostrámos também alguma ingenuidade e acabámos por ser penalizados.

Comentários

pub
pub