Parlamento discute iniciativa d”Os Verdes” sobre supressão dos comboios Setúbal-Algarve

O Projeto de Resolução do Partido Ecologista “Os Verdes”, que visa a manutenção da paragem do comboio Intercidades na cidade […]

O Projeto de Resolução do Partido Ecologista “Os Verdes”, que visa a manutenção da paragem do comboio Intercidades na cidade de Setúbal, capital de distrito, bem como o serviço regional, que a CP quer eliminar de todo, estará amanhã, dia 5 de janeiro, em discussão na Assembleia da República.

Para “Os Verdes”, esta decisão da CP, já concretizada a partir do dia 11 de dezembro, é «inaceitável e foi sustentada numa decisão unilateral que não envolveu nem utentes, nem trabalhadores, nem as autarquias afectadas».

Com a supressão do Intercidades em Setúbal, considerada «uma paragem fundamental numa capital de Distrito, o serviço piorou e deixou de servir às populações e utentes», dizem “Os Verdes”.

«Acresce que a Estação Ferroviária de Setúbal foi sujeita a obras de modernização, um investimento que, agora, é desvalorizado. Para além de tudo, o PET, Plano Estratégico dos Transportes recentemente apresentado pelo Governo e que já determina o encerramento de 600 km de vias férreas, não prevê esta medida», acrescentam.

A CP, «de forma enviesada, encerrou ainda todo o serviço regional para Tunes, ficando Setúbal sem ligação ao Algarve por via ferroviária».
“Os Verdes” consideram que estas medidas, e outras semelhantes que o Governo e CP têm vindo a tomar, constituem «um atentado ao direito fundamental de mobilidade das populações, agravam o problema do isolamento das localidades e fomentam as assimetrias locais e regionais e, no sentido de as combater», apresentaram este Projeto de Resolução que será amanhã, dia 5 de Janeiro, discutido na Assembleia da República.

Comentários

pub
pub