Autódromo do Algarve recebe 700 pilotos de kart para as Finais Mundiais Rotax

O Autódromo Internacional do Algarve vai acolher pela primeira vez este ano, em outubro e novembro, as Finais Mundiais Rotax, […]

O Autódromo Internacional do Algarve vai acolher pela primeira vez este ano, em outubro e novembro, as Finais Mundiais Rotax, um evento mundial de karts que trará à região algarvia 700 pilotos, as suas equipas, famílias e fãs, durante três semanas.

As Finais Mundiais Rotax são o maior evento de karting do Mundo em termos de países representados, com mais de 60 países e com uma participação superior a 250 pilotos. É um evento onde só podem participar os pilotos que ganham nos seus respetivos países as competições nacionais do Rotax Max Challenge. Depois de no ano passado as finais terem decorrido em Al Ain, no Abu Dhabi, em 2012 rumam a Portimão.

Esta é, segundo revelou Paulo Pinheiro, administrador do Autódromo ao Sul Informação, apenas uma das novidades em termos de prova que a pista algarvia vai receber ao longo de 2012. «Todos os campeonatos querem vir cá», garantiu.

Mas, além das novidades, haverá ainda o regresso do campeonato Le Mans Series (novembro), do campeonato FIA GT, do Superstars com Ferrari Challenge, do Mundial de Karting WSK, do Supermoto das Nações, e, claro, do Mundial de Superbikes e de Supersport (setembro).

No caso do Le Mans Series, apesar de não haver equipas ou pilotos portugueses a competir, a temporada termina a 2, 3 e 4 de novembro, no circuito do Algarve. Trata-se de uma pista longa de 4.692 km, muito sinuosa, onde o campeonato já esteve para provas noturnas em 2009 e 2010. Até ao momento, os organizadores ainda não decidiram se a experiência será repetida em 2012.

«Este ano temos já programadas mais provas do que no ano passado, bem como outros eventos, de tal modo que, neste momento, temos praticamente garantida a ocupação total da pista. Já só temos 90 dias disponíveis», revelou Paulo Pinheiro.

Apesar das boas notícias, o Mundial de Superbikes e Supersport, prova que inaugurou o Autódromo em 2009, já não vai contar com a equipa portuguesa da Parkalgar Honda, que tinha sede precisamente na pista algarvia.

É que depois de seis temporadas, desde 2006, a disputar o Campeonato do Mundo de Supersport, a Parkalgar decidiu dar por terminada a sua participação naquele que é considerado um dos mais competitivos e espetaculares campeonatos de velocidade do Mundo.

Depois de conquistar dois vice-campeonatos do Mundo, em 2009 e 2010, 12 vitórias em etapas, 29 pódios e de gerar mais de três milhões de euros de impacto mediático por ano, a estrutura liderada por Paulo Pinheiro viu-se forçada a tomar a difícil decisão de acabar com a equipa.

A falta de patrocínios foi uma das razões principais para a extinção da equipa, mas, em entrevista ao Sul Informação, Paulo Pinheiro acrescentou que o papel principal da equipa, que era o de divulgar o Autódromo do Algarve, «foi cumprido integralmente».

Para lá das provas de automobilismo, de motociclismo, de karting e até de todo-o-terreno, o Autódromo do Algarve, situado em Portimão, continua a ser palco de eventos de prestígio no mundo automóvel.

Assim, além de estar a ser o “coração” do lançamento mundial do novo BMW Serie 3, tal como o Sul Informação revelou em primeira mão, nos dias 10 e 11 de fevereiro a pista algarvia vai ser palco da votação final do júri, para eleição do Carro do Ano e dos vencedores de cada categoria.

Este é um dos muitos eventos que garantem uma invejável taxa de ocupação à pista algarvia. E que trazem ao Algarve e aos seus hotéis e restaurantes, muitos e muitos milhares de pessoas ao longo de todo o ano.

 

Leia mais sobre o Autódromo aqui: Lançamento mundial do novo BMW Serie 3 enche hotéis no Algarve

Comentários

pub
pub