Câmara de Lagos aprova alteração ao tarifário dos transportes públicos «A Onda»

A Câmara Municipal de Lagos aprovou, na reunião decorrida a 21 de dezembro, a proposta de alteração ao tarifário do […]

A Câmara Municipal de Lagos aprovou, na reunião decorrida a 21 de dezembro, a proposta de alteração ao tarifário do sistema de transportes públicos “A Onda” para o ano de 2012. A grande novidade é a introdução de uma tarifa plana, acabando com o regime de coroas até agora vigente.

De acordo com a Empresa Municipal Futurlagos, a quem compete a gestão do sistema de transportes públicos de Lagos “A Onda”, pretende-se, com esta alteração, privilegiar os utentes mais periféricos face à cidade de Lagos, concorrendo deste modo para uma maior coesão sócio-territorial do município.

Isto, porque «quem está mais “desprotegido” por falta de alternativas, vê o preço do serviço reduzido face ao atual tarifário».

É obrigação da Futurlagos a realização de estudos periódicos com vista à otimização deste serviço e à aferição dos níveis de satisfação da população.

Neste sentido, no decurso do corrente ano, e tendo em vista uma maior racionalização de recursos e uma diminuição dos gastos procedeu-se ao reajustamento de algumas carreiras. É neste âmbito que, de forma a uniformizar o tarifário praticado, foi proposta esta introdução de uma tarifa plana.

No novo documento, fica, assim, previsto um agravamento ligeiro no preço das deslocações na cidade (10 cêntimos por viagem na modalidade pré-comprado e no passe – para um rácio de 44 viagens mês com este título), mas com a vantagem de se poder passar a circular na totalidade dos circuitos.

Por outro lado, propõe-se uma redução da percentagem de desconto nos passes bonificados, passando de 50% de desconto para os 40%.

Ainda segundo a entidade gestora, «tal redução é inevitável na ótica da sustentabilidade do serviço, sem contudo ser excessiva para camadas da população mais desfavorecidas».

Desta forma, e para os utentes mais penalizados (ou seja, da antiga Coroa A), o aumento por viagem (com um ratio de 44 viagens/mês) é de 12 cêntimos, o que significa um aumento superior ao tarifário não bonificado, «mas não muito gravoso e comportável».

A proposta agora aprovada também passa a prever bilhetes de 3 e de 7 dias para procurar alargar o espetro de clientes, sobretudo da comunidade turística e em estreita articulação com os empreendimentos turísticos do concelho.

 

TARIFÁRIO 2012

Bilhete a bordo————–1,60€

Bilhete dia——————–3,60€

Bilhete 3 dias—————-9,00€

Bilhete 7 dias—————21,60€

Pré-comprado—————-0,80€

Passe Normal—————28,00€

Passe Estudante————-16,80€

Passe Sénior—————–16,80€

Passe Deficiente————16,80€

Comentários

pub