Piscinas, auditório, biblioteca e escolas de Olhão já têm energia solar

As piscinas municipais, o auditório, a biblioteca e escolas são alguns dos edifícios municipais de Olhão que já dispõem de […]

As piscinas municipais, o auditório, a biblioteca e escolas são alguns dos edifícios municipais de Olhão que já dispõem de energia solar, no âmbito da aposta que a autarquia está a fazer nas energias renováveis.

Nas Piscinas Municipais foi desenvolvido um sistema solar térmico que tem por base a instalação de 50 coletores solares, que possibilitam a produção de energia térmica para o aquecimento das águas sanitárias e das piscinas.

No Auditório e Biblioteca Municipal, foram instalados sistemas de microgeração que têm por base 28 coletores fotovoltaicos com vista à produção de energia elétrica a ser “injetada” na rede pública.

Nas novas escolas de ensino básico, nºs 6 e 7, foram integrados no processo de construção coletores solares para produção de energia térmica, para apoio às cozinhas e águas quentes sanitárias.

Segundo a Câmara de Olhão, «a aposta na vertente solar possibilita uma recuperação do investimento relativamente rápida, em cerca de seis a sete anos, promovendo igualmente a redução da dependência dos combustíveis fósseis e consequente redução dos gases poluentes».

Desta maneira «o Município consegue, de uma forma ambientalmente limpa, economizar consideravelmente nos gastos com energia».

Olhão afirma estar, assim, «a cumprir a estratégia nacional de energia ENE 2020, que constitui um impulso para que o país prossiga na liderança da sustentabilidade energética e cumpra as metas e objetivos ambiciosos estabelecidos internacionalmente, sendo Portugal um dos líderes no desenvolvimento das energias renováveis e na promoção da eficiência energética».

Comentários

pub
pub