Cine-teatro Louletano recebe exposição Carta Coreográfica

Nos dias 16, 17 e 18 de novembro, no foyer e bar do Cine-Teatro Louletano, é apresentada a Exposição Carta […]

Nos dias 16, 17 e 18 de novembro, no foyer e bar do Cine-Teatro Louletano, é apresentada a Exposição Carta Coreográfica. Trata-se de uma exposição pedagógica que será acompanhada por visitas guiadas para escolas e grupos organizados.

Esta iniciativa inserida no “Movimenta-te – Trajetórias de Programação Cultural em Rede” pretende proporcionar um momento experimental aos visitantes/participantes. O que esta carta propõe é uma visita a um conjunto de corpos, com idades, em situações e condições diferentes, através da linguagem da fotografia, da pintura e do desenho que celebram a sua existência. Para essa celebração criou-se um grande mapa com nove painéis. Cada um deles ilumina um ponto de vista sobre o corpo.

As visitas guiadas serão realizadas pela bailarina Susana Gaspar. Cada visita tem a duração aproximada de uma hora.

As inscrições para escolas e público em geral podem ser feitas através do telefone 289 400 820.

«Esta exposição é como uma carta. Uma carta escrita para si. Esta carta quer acordá-lo para a força expressiva e transformadora que o corpo tem. O corpo transporta consigo sentidos escondidos atrás dos seus movimentos, gestos, posturas e olhares.

Seja qual for o contexto, o corpo desvenda sempre partes da sua identidade, da sua personalidade, da sua condição e dos seus segredos. Todos estes aspetos se completam e revelam no caminhar pela vida. Esse caminhar de cada um compõe no conjunto da população uma gigante paisagem humana em movimento, através do tempo e do espaço.

O corpo fala sem precisar de usar palavras. Não mente. A comunicação não verbal é, por isso, uma fonte poderosa de conhecimento. Uma fonte rica, misteriosa e aberta. Ajuda-nos a ler o outro entre as linhas das palavras ditas.

O que esta carta propõe é uma visita a um conjunto de corpos, com idades, em situações e condições diferentes, através da linguagem da fotografia, da pintura e do desenho, que celebram a sua existência. Para essa celebração criou-se um grande mapa com nove painéis. Cada um deles ilumina um ponto de vista sobre o corpo. Lança-se aqui o convívio à leitura coreográfica desta carta».

 

Comentários

pub