Verão do Algarve com balanço positivo na qualidade das águas balneares

Das 759 análises de águas balneares realizadas pela Administração da Região Hidrográfica do Algarve durante esta época balnear até ao […]

Das 759 análises de águas balneares realizadas pela Administração da Região Hidrográfica do Algarve durante esta época balnear até ao fim do mês de setembro, seis foram consideradas água imprópria para banhos, menos duas do que no mesmo período do ano passado, revela a ARH no seu boletim.

A maior parte daqueles resultados deveu-se aos episódios de precipitação que ocorreram neste Verão.

A ARH considera, por isso, que o balanço da presente época balnear é «positivo no que se refere à qualidade das águas balneares, que têm vindo a melhorar significativamente nos últimos anos, em consequência das intervenções que têm sido realizadas pelas entidades gestoras dos sistemas de elevação e tratamento de águas residuais urbanas».

Aquele organismo diz ainda ser sua intenção «prosseguir o trabalho conjunto com outras entidades no sentido de garantir águas balneares de excelente qualidade na região do Algarve, informação atempada e respostas céleres às questões colocadas pelos utentes das praias, que são fundamentais para atingir a meta a que nos propomos».

A ARH do Algarve mantém em funcionamento, já há alguns anos, um programa de acompanhamento da qualidade das águas balneares que permite, em 24 horas, desenvolver sistemas de informação ao público no caso de suspeita de degradação da qualidade das águas.

A qualidade das águas balneares é avaliada pela ARH do Algarve anualmente, durante a época balnear, «com o objetivo de garantir aos utentes das praias da região uma gestão eficaz e atempada, sem riscos para a saúde pública».

Comentários

pub
pub