Odemira promove formação em apicultura para valorizar o mel

O Município de Odemira e o Centro de Formação Profissional de Aljustrel estão a promover uma formação em apicultura, que […]

O Município de Odemira e o Centro de Formação Profissional de Aljustrel estão a promover uma formação em apicultura, que está a decorrer em Odemira, com o objetivo de valorizar um dos produtos locais com maior tipicidade e potencialidade económica do concelho.

A formação reúne 21 formandos, teve início no dia 17 de Setembro e terminará no próximo sábado, dia 22 de Outubro, nas instalações da Antiga Fábrica do Miranda. “Operador Apícola-Maneio reprodutivo / povoamento e multiplicação de colónias” é o tema da formação, com a duração de 25 horas.

Esta é segunda formação promovida pela autarquia em parceria com o Centro de Formação Profissional de Aljustrel, tendo a primeira decorrido entre 2 de Abril e 11 de Junho.

Estas iniciativas inserem-se na “Estratégia de Valorização de Produtos Locais com maior Tipicidade e Potencialidades Económicas do Concelho de Odemira”, com vista à valorização dos produtos do mar e da floresta. Têm sido promovidas várias ações de formação, semanas gastronómicas ou outras iniciativas, com o objetivo de divulgar os produtos locais, bem como informar todos os envolvidos no processo de produção sobre os meios disponíveis para valorizar a produção e os produtos.

O mel produzido no concelho de Odemira é um produto de excelência, com enormes potencialidades, pois apresenta características qualitativas diferenciadoras, mas que ainda não estão devidamente valorizadas. São produzidas cerca de 200 toneladas de mel por ano, de elevada qualidade, no concelho de Odemira, sendo uma das maiores produções no Alentejo.

Comentários

pub
pub