Livro «Os Guerreiro da comarca de Ourique» é lançado hoje

O livro «Os Guerreiro da comarca de Ourique», da autoria de José Soveral Varella, será lançado esta quinta-feira, dia 6, […]

O livro «Os Guerreiro da comarca de Ourique», da autoria de José Soveral Varella, será lançado esta quinta-feira, dia 6, às 18h00, na Biblioteca Municipal de Ourique. O livro será apresentado por António de Sousa Lara.

O livro, editado pela “Patrimonius – Património e História, Edições”, é fruto de mais de 20 anos de investigação, tem para cima de 800 páginas sem o índice onomástico e mais de 1000 páginas incluindo o referido índice, em papel couché com encadernação em capa dura, e mais de 280 fotografias, muitas delas a cor, para além de quadros genealógicos elucidativos do texto.

Nele se estuda o percurso desta família que foi estruturante na governança da comarca de Ourique desde os princípios do séc. XV, bem assim estruturante no estudo das famílias do Baixo Alentejo e parte do Algarve, abrangendo ramos em vários concelhos e freguesias conforme se pode verificar do índice que segue em anexo.

Dos vários ramos desta família estudados trazem-se até à atualidade as linhas de «morgados de Almodôvar (Cordes Leitão de Aguiar Guerreiro, Cordes Mascarenhas de Azevedo, Cordes da Fonseca, Gouveia Marques de Souza de Brito, Bagão de Gouveia Marques, Cordes da Ponte, Cardoso Bento de Aguiar Cordes, e Cordes de Avelar Fonseca, com as respectivas ramificações); dos morgados de Aljustrel (Aboim Sales); dos Guerreiro da Costa Aguas com as devidas ramificações (França e Silva de Mattos Aguas, Mattos Aguas Calapez Garcia, Santos Agudo de Mattos Aguas e Arêde Soveral Rodrigues Varella); e ainda em notas de rodapé as linhas: Aboim Inglez, de D. Alfredo Maria Correia Maldonado Passanha, António Júlio de Faria Limpo Trigueiros (padre António Júlio Limpo Trigueiros), António Manuel Figueira de Prates Canelas, António Manuel Reis de Bivar Weinholtz (António Bivar), António Maria Morgado de Assis Louro Rodrigues (António Maria de Assis), coronel Armando de Sacadura Falcão (falecido), Custódio Daniel Guerreiro Nunes Adriano, Eurico Manuel Domingos da Palma, Fernando Manuel Jorge Águas, Francisco de Sanches Osório Montanha Rebello, Henrique Manuel Nunes Cortes Albino Figueira; Joaquim Filipe Leão Falcão de Lima (Joaquim Falcão de Lima), João Manuel Ramos Cabreira de Oliveira Cabral (Faro), Jorge Sebastião Matos de Brito e Abreu, José Cirilo de Sousa Cabecinha (José Cabecinha), José Manuel Nunes Liberato, Júlio Filipe Pires Teixeira de Sousa, Levi Redondo Bolacha, Luís Filipe Vieira Santos, Luiz Gustavo de Sillos, Maria Manuela dos Santos Faísca (e seu filho Rui Manuel Faísca Rodrigues Pereira), Miguel de Miranda Monteiro de Queiroz Santos, os Infante de Lacerda Pinto de Lima, João Paulo de Sousa da Silva Gaspar, José Miguel Candeias Cabrita Matias (Miguel Cabrita Matias), Nuno Manuel Guerreiro de Campos Inácio (Nuno Inácio), Octávio Rafael Guerreiro de Carvalho (e no seu ramo o ex-ministro da defesa Adelino Manuel Lopes Amaro da Costa, falecido), Paulo Jorge Morais Alexandre, Raimundo Sérgio Maria de Noronha Waddington Quintanilha e Mendonça (falecido), Roberto Filipe da Silva Lopes, Sérgio Alexandre Nunes Callado Cortes, Stella Maria Pereira de Lima Nunes Aleixo Flores dos Santos (Stella Aleixo), Vasco Quintanilha da Fonseca Pastor Fernandes, para além de uma ou outra linha dos Falcão de Odemira e Santiago do Cacém que se tornam oportunas para ligações com outros que correm no texto e como ilustração do mesmo; e por lhes vir o sangue por via materna, os filhos do casamento de: professor doutor António de Sousa Lara, José António Cabrita Marques Rafael, Manuel Fernando Castanheira Rufino, Miguel Maria Telles Moniz Côrte-Real, Óscar Bruno Caeiro dos Santos Pinto (Óscar Caeiro Pinto), Sérgio Rau Silva, a linha dos filhos de SAR o Senhor Dom Duarte Pio, duque de Bragança, a linha dos filhos de José Manuel Durão Barroso, ex-primeiro ministro de Portugal, a linha de uma das netas do professor doutor Marcelo Caetano, último presidente do concelho de ministros do regime deposto pelo golpe de estado de 1974 (Maria do Soveral Caetano como filha da atriz Laura Soveral), a linha de José de Almada Negreiros, como intelectual e figura ímpar da cultura Portuguesa; por ocuparem o cargo de Presidente da República Portuguesa as linhas de: Manuel Teixeira Gomes e professor doutor Aníbal António Cavaco Silva; e por fim as linhas dos Guerreiro do Minho de Álvaro José Guerreiro e Silva, Pedro Morais Coimbra, e do professor doutor Sidónio Bernardino Cardoso da Silva Pais (Sidónio Pais)».

O livro, que custa 45 euros, pode ser comprado através do site http://www.patrimonius.net/loja/product_info.php?products_id=181

 

Comentários

pub
pub