Festa do Cinema Francês mostra toda a obra de Pierre Etaix em Faro

A 12ª Festa do Cinema Francês vai trazer 20 filmes ao Teatro Municipal de Faro, de 22 a 30 de […]

A 12ª Festa do Cinema Francês vai trazer 20 filmes ao Teatro Municipal de Faro, de 22 a 30 de outubro. Na capital algarvia, o destaque vai para a exibição da obra integral do realizador Pierre Etaix.

A organização explica que «a obra integral “Cinéma Pierre Etaix” foi restaurada pelo Studio 37, Fondation Technicolor pour le Patrimoine du Cinéma e Fondation Groupama Gan pour le Cinéma. Foi assim que, no ano passado e após vinte anos de complicações jurídicas e da proibição de exibição dos seus filmes, o público da Festa do Cinema Francês viu, ou voltou a ver, as duas curtas e as cinco longas-metragens que Etaix realizou entre 1961 e 1971. A fechar o ciclo também foi apresentada a mais recente curta-metragem, realizada já em 2010 por este companheiro de Jacques Tati, apropriadamente intitulada En pleine forme».

Assim, «dado o sucesso conseguido no ano passado, a Festa do Cinema Francês decidiu levar este conjunto de filmes a Faro, onde poderão ser vistos a 22, 23 e 24 de Outubro, antecedendo a apresentação dos filmes das outras secções».

A Festa começa, assim, com um fim de semana dedicado inteiramente a Pierre Etaix. No sábado, dia 22, às 19h30, a inauguração da 12ª Festa do Cinema Francês em Faro será feita com a apresentação da «Le Soupirant+En Plein Forme» (19h30), seguindo-se «Le Grand Amour+Heureux Anniversaire» (22h00).

No domingo, será a vez do Teatro Municipal receber a exibição de «Yo Yo+Rupture», seguido de «Tant Q’On a la Santé», todos do mesmo realizador.

Mas como não há duas sem três, na segunda-feira, dia 24, o primeiro filme (19h30), será ainda de Pierre Etaix: o documentário burlesco «Pays de Cocagne». Às 22h00, será exibido «De Vrais Mensonges», uma comédia dramática em antestreia, de Pierre Salvadori, com Audrey Tautou, Nathalie Baye e Sami Bouajila (22h00).

A Festa do Cinema Francês, com uma programação dividida em Antestreias, Cannes em Portugal, Grandes Clássicos e o Universo da Animação, tem como centro Lisboa, mas espalha-se ainda por Almada, Porto, Faro, Guimarães e Coimbra.

Na capital algarvia, a iniciativa continua na terça-feira, 25, abrindo a programação com um clássico: «Cet Obscur Objet du Desir/Esse Obscuro Objeto do Desejo», de Luis Buñuel, seguindo-se «Le Dernier Vol», de Karim Dridi (aventura). O filme, aqui exibido em antestreia, conta com Marion Cotillard e Guillaume Canet no elenco.

No dia seguinte, a Festa começa com «Trop Belle Pour Toi», comédia dramática de Bertrand Blier, a que se segue «Un Homme qui Crie», de Mahamat Saleh Haroun (drama em antestreia).

Na quinta-feira, dia 27, será exibida a comédia «Travaux, on sait quando sa commence», de Brigitte Roüan, seguida da antestreia de «Un Poison Violent», de Katell Quillévéré (drama).

O último fim de semana da Festa do Cinema Francês em Faro abre, na sexta-feira, às 19h30, com a comédia dramática «Brodeuses», e, às 22h00, com a comédia «Le Bruit des Glaçons» de Bertrand Blier, mais uma antestreia.

Sábado, dia 29, serão exibidos três filmes, para públicos diferentes: às 15h00 será a vez da animação «Une Vie de Chat», Jean-Loup Felicioli e Alain Gagnol, seguindo-se, às 19h30, o drama «Elle s’apellait Sarah», outra antestreia, de Gilles Paquet-Brenner, com Kristin Scott Thomas, e finalmente, às 22h00, a fechar a noite com bom humor, «Les Femmes du 6ème Étage», uma comédia de Philippe Le Guay (antestreia).

E chegará então o último dia da Festa em terras algarvias, no domingo, 30 de outubro. Serão exibidos dois filmes: «Snijeg/Premières Neiges», de Aida Begic (19h30) e «La Source des Femmes», em antestreia, de Radu Mihaileanu (22h00). O filme fala da condição das mulheres no mundo árabe, numa fábula divertida que celebra a liberdade.

Comentários

pub
pub