Barragens do Algarve estão a mais de 50 por cento das suas capacidades

As principais albufeiras de abastecimento para consumo público da região do Algarve têm armazenamento de água superior a 50 por […]

As principais albufeiras de abastecimento para consumo público da região do Algarve têm armazenamento de água superior a 50 por cento das suas capacidades máximas, de acordo com os dados recolhidos no início do mês de Outubro.

Segundo os dados revelados pela Administração da Região Hidrográfica (ARH) no seu boletim, as barragens de Odeleite e Beliche, que abastecem todo o sotavento algarvio, estavam naquela data a 80,9 e 73,8 por cento das suas capacidades máximas, de 130 e 48 milhões de metros cúbicos, respetivamente.

A barragem de Odelouca, ainda em fase de enchimento, já atingia os 90,4 milhões de metros cúbicos, o que representa 57,6 por cento da sua capacidade máxima, de 157 milhões de metros cúbicos.

Por seu turno, a barragem do Arade, cujo uso é a rega, está a 29,2 por cento do máximo armazenamento possível de 28,4 milhões de metros cúbicos, a Bravura (34,8 milhões) está a 73,6 por cento e o Funcho (47,7 milhões) a 40,7 por cento.

Comentários

pub
pub