Teresa Paulino expõe no Auditório Municipal de Olhão

A exposição de escultura da autoria de Teresa Paulino intitulada “Retalhos e Retratos” está patente a partir de amanhã, 6 […]

A exposição de escultura da autoria de Teresa Paulino intitulada “Retalhos e Retratos” está patente a partir de amanhã, 6 de setembro, e até 22 de outubro, no foyer do Auditório Municipal de Olhão. 

A exposição “Retalhos e Retratos” pretende valorizar as formas e os padrões com uma gama de cores diversificada, sem esquecer a estética contemporânea que se insere adequadamente no espaço desta exposição. 

A mostra reflete o dinamismo e o ritmo de uma memória “colorida”, cujo conceito assenta num princípio de vida e energia materializados pelas peças que irão estar em exibição.

A cidade de Olhão, onde se realiza esta exposição, “traz-me muitas recordações dos meus tempos de criança, pelas brincadeiras que vivi, pelas ruas e cafés por onde passei, pelos petiscos que comi com o meu avô. Aí, criar é como nadar no mar azul do meu Algarve. E nesse impulso criativo estão presentes várias áreas e diversas técnicas, de entre as quais realço a escultura, cada vez mais presente na minha vertente artística, podendo esta ser mais um trampolim para o reformular constante da minha aprendizagem”, refere a autora, filha de mãe olhanense. 

Vencedora do concurso Artemar Estoril 2010, com “A Lata”, que se encontra em exposição e para venda, Teresa Paulino desenvolve o seu trabalho em várias áreas: na escultura imperam a pedra e o bronze mas também a técnica mista. 

A artista também pinta executando trabalhos em papel, azulejo e tecido, dedicando-se ainda a outros acessórios. 

Como estudante de Design na Universidade do Algarve, Teresa Paulino venceu o concurso de ideias para o arranjo exterior da rotunda de acesso ao aeroporto de Faro, resultando nas 10 esculturas em pedra que se exibem naquele espaço. 

Tem também ‘na rua’ vários trabalhos de escultura em Alcoutim, Loulé, Quarteira e Paderne. Mas as solicitações chegam de vários pontos do País, tanto na área da escultura como da pintura. Vale a pena conhecer o trabalho desta artista ímpar com uma profunda ligação ao Algarve. 

Nota: O Auditório Municipal está aberto de terça a sexta-feira, das 14h00 às 18h00 e nos dias de espetáculo

Comentários

pub
pub