Rede Ciumed pretende ultrapassar fronteiras europeias

A Rede para a Promoção das Cidades Médias da União Europeia (Ciumed), presidida pelo município de Vila Real de Santo […]

A Rede para a Promoção das Cidades Médias da União Europeia (Ciumed), presidida pelo município de Vila Real de Santo António, organiza, nos dias 21 e 22 de setembro, em Mérida (Espanha), o seu quarto congresso, dedicado à Mobilidade Sustentável em Cidades Médias.

Na mesma ocasião, a direção da rede Ciumed, no âmbito dos trabalhos que serão desenvolvidos no congresso, irá promover a constituição de uma associação sem fins lucrativos denominada Rede Ibero-americana de Cidades Médias (RIACIM), ultrapassando, desta forma, as fronteiras europeias.

O âmbito territorial da RIACIM são os países da Península Ibérica e da América Latina: Portugal, Espanha, Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Equador, El Salvador, Guatemala, Haiti, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana, Uruguai e Venezuela.

Com esta nova rede, pretende-se desenvolver um quadro de cooperação permanente entre as cidades médias, através do intercâmbio de experiências e da implementação de acções territoriais comuns.

Ao mesmo tempo, a RIACIM quer influenciar a tomada de decisões a nível nacional ou internacional, impulsionando políticas urbanas baseadas nas cidades médias, consideradas como o melhor modelo de sustentabilidade e de qualidade de vida dos cidadãos.

Para atingir estes fins, a RIACIM deverá fomentar a partilha de informação e a reflexão sobre a gestão urbanística praticada pelas cidades da rede, favorecendo a difusão de experiências capazes de contribuir para que as cidades da Península Ibérica e da América Latina se tornem mais dinâmicas, atrativas e competitivas.

Desenvolver projetos coletivos, promover a realização de estudos e aceder a financiamento nacional e internacional para melhorar a qualidade de vida nos meios urbanos são outras das metas que irão ser propostas.  

Mobilidade e desafios

Além da proposta de constituição da RIACIM, a Rede Ciumed irá debater esta quarta e quinta-feira a importância da mobilidade e as suas implicações no planeamento e gestão das cidades.

Apesar de as áreas urbanas concentrarem grande parte da população mundial e serem, por isso, os motores do crescimento económico, também enfrentam sérios problemas de congestionamento, de poluição e acidentes rodoviários, fatores que comprometem a qualidade de vida de quem lá vive ou trabalha.

Por esta razão, e tendo em conta o papel dos municípios nas relações de proximidade com os cidadãos, o 4.º Congresso da Rede Ciumed vai debater as melhores formas de assegurar transportes sustentáveis em termos ambientais e económicos, isto é, frequentes, rápidos, confortáveis e acessíveis às pessoas de mobilidade reduzida, idosos e crianças.

«Tendo em conta que as autarquias estão na primeira linha do ordenamento urbano, os municípios da Rede Ciumed são, ao longo de dois dias, convidados a partilharem as boas práticas de mobilidade que têm desenvolvido, de forma a que possam ser adotadas por outras cidades», destaca Luís Gomes, presidente da rede Ciumed e da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António.  

A Ciumed é uma rede de cidades médias que tem como principal objetivo promover um sistema equilibrado de estruturas urbanas que apostem no desenvolvimento sustentável e na constante melhoria da qualidade de vida dos seus habitantes.

Podem aderir à Ciumed todas as cidades médias da União Europeia (entre 20 mil e 150 mil residentes). A estrutura conta atualmente com 28 sócios. Mais informações em: www.ciumed.org.

Comentários

pub
pub