Comboios: Movimento “Beja Merece” espera que Parlamento aprove projetos de resolução baseados em petição

O movimento “Beja Merece” espera que o Parlamento aprove na sexta-feira os projetos de resolução apresentados após uma petição em […]

O movimento “Beja Merece” espera que o Parlamento aprove na sexta-feira os projetos de resolução apresentados após uma petição em defesa das ligações ferroviárias entre Beja e Lisboa e o Algarve e a eletrificação do troço Casa Branca-Beja.

Na sexta-feira, a Assembleia da República vai discutir e votar três projetos de resolução, um do Partido Ecologista “Os Verdes”, um do PCP e outro do BE, com recomendações ao Governo que coincidem com as exigências da petição “Ramal de Beja e outras Dores de Alma”.

A petição, promovida pela Associação de Defesa do Património de Beja, que criou o movimento de cidadãos “Beja Merece”, foi entregue em fevereiro no Parlamento com 15.071 assinaturas em defesa das ligações diretas via Intercidades entre Beja e Lisboa, da eletrificação do troço Casa Branca-Beja e da manutenção da ligação à Funcheira, que permite a viagem até ao Algarve.

“De acordo com as reuniões que tivemos na Assembleia da República e os contactos com os vários partidos, à partida esperamos que os projetos de resolução sejam aprovados”, disse hoje à agência Lusa José Filipe Murteira do “Beja Merece”.

Nos últimos contactos na Assembleia da República com quase todos os grupos parlamentares, à exceção do socialista, foi dada a representantes do movimento “a indicação de que havia uma abertura para aceitar as reivindicações da petição” que constam nos três projetos de resolução, que são “praticamente idênticos”, disse.

“Vamos ver se os partidos que não apresentaram projetos de resolução (PS, PSD e CDS-PP) vão votar favoravelmente”, disse, referindo que o movimento “está com esperança” que os projetos de resolução sejam aprovados.

Se os projetos forem chumbados, nomeadamente com o voto contra do PSD, “será uma contradição”, porque nos contactos com o movimento, realizados “antes e depois da queda do anterior Governo PS”, os sociais-democratas, incluindo o atual deputado do PSD por Beja, Mário Simões, “manifestaram sempre apoio às reivindicações do movimento”, disse.

“Seria uma surpresa desagradável se o PSD e o CDS-PP chumbassem os projetos de resolução”, disse.

José Filipe Murteira lembrou que, no passado mês de julho, o secretário de Estado das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, Sérgio Silva Monteiro, disse a representantes do movimento que o Governo e a CP vão estudar a eventual eletrificação do troço Casa Branca-Beja.

No entanto, frisou, o estudo “não inviabiliza a tomada de posição por parte dos vários partidos”.

Comentários

pub
pub