Lídia Franco dá Masterclass de Teatro em Portimão

A Oficina do Espetador do Teatro Municipal de Portimão (Tempo) propõe, no dia 18 de setembro, uma Masterclass de Teatro com […]

A Oficina do Espetador do Teatro Municipal de Portimão (Tempo) propõe, no dia 18 de setembro, uma Masterclass de Teatro com a atriz Lídia Franco. 

Depois das Oficinas de Dança Contemporânea orientadas por Daniel Cardoso e Peter Michael Dietz que se realizaram, este ano, no Tempo, a Oficina do Espetador continua a trabalhar a ideia de corpo, ponto de partida da programação do projeto educativo de 2011. 

A oficina, denominada «A Arte do Ator», terá lugar na sala de ensaios do Tempo e vai decorrer das 15h00 às 18h00, destinando-se a maiores de 16 anos.

As inscrições custam 10 euros e podem ser feitas até 17 de setembro, na bilheteira do Tempo. 

Lídia Franco é um nome incontornável do teatro, cinema e televisão. Nesta masterclass irá partilhar um pouco dos seus conhecimentos da arte da representação, assentes numa formação profissional sólida que se iniciou com a dança e se estendeu ao teatro, nomeadamente ao domínio do Método do Actor’s Studio (Lee Strasberg), que lhe serve de base na construção das personagens a que dá corpo e voz.

Lídia Franco fez o curso de Ballet da escola do Teatro Nacional de S. Carlos e foi bolseira em Paris. Frequentou o Conservatório de Ballet de Bruxelas e, em seguida, ingressou na Companhia Portuguesa de Bailado. Seguiu-se o Grupo Experimental de Ballet da Fundação Gulbenkian e o Theátre Royal de la Monnaie, em Bruxelas, dirigido por Maurice Béjart.

Iniciou a sua formação como atriz com uma bolsa de estudos em Paris, seguindo-se um curso de Teatro da British Theater Association, em Londres.
Estudou com mestres como Suso d’Amico, Marcia Haufrecht, Polina Klimovitskaia, Lee Breuer, Howard Soenklar, Patti Bradshaw, entre outros.

Em teatro trabalhou com vários encenadores, entre os quais se destacam Carlos Avilez, Maria do Céu Guerra, João Mota, Xosé Blanco Xil, Ana Tamen, Edward Phillips, Jorge Silva Melo, Marcia Haufrecht e Beatriz Batarda.

No cinema destacam-se realizadores como Manoel de Oliveira, João César Monteiro, António da Cunha Telles, António Pedro Vasconcelos, Joaquim Sapinho, João Canijo, João Botelho, Ivo Ferreira, Christien Binet, Frank Apprederis, Phillipe Clair, Michel Serrault, Christien Jacques, Robert Mazoyer, Jacques Webber, Alain Tanner e Celan Jones, entre outros.

Comentários

pub
pub