Exposição “Para onde sopram os ventos”: Moinhos em itinerância no concelho de Odemira

A exposição “Para onde sopram os ventos”, que reúne 10 moinhos trabalhados pelas mãos de diferentes artistas plásticos do concelho […]

A exposição “Para onde sopram os ventos”, que reúne 10 moinhos trabalhados pelas mãos de diferentes artistas plásticos do concelho de Odemira, continua em itinerância pelas freguesias.

Esta exposição tem por objetivo chamar a atenção para os moinhos de vento, elementos simbólicos do património local, através da in…terpretação e intervenção de escultores, fotógrafos, ilustradores, cenógrafos, designers e artistas populares.

A exposição pode ser agora apreciada na sede da Junta de Freguesia de S. Teotónio, onde estará até ao dia 14 de setembro.

No dia seguinte, a exposição estará patente ao público na sede da Junta de Freguesia de Santa Clara-a-Velha, onde ficará até ao dia 15 de outubro, sendo esta a última freguesia a receber a exposição “Para onde sopram os ventos”.

A partir de um protótipo concebido pelos artesãos do município, são nove os artistas do concelho que deram a sua visão do moinho de Odemira: Ana Baleia (designer de moda, Vale Bejinha), Ana Rita Viana (fotógrafa, Odemira), António Poeira (escultor, Zambujeira do Mar), Fernando Fonseca (escultor, S. Teotónio), Helen Lane (cenógrafa, Galeado), Liberdade Sobral (arte popular, Monte da Estrada), Luís Guerreiro (fotógrafo, Odemira), Ricardo Ramos (designer gráfico, Odemira) e Sara Serrão (ilustradora, Aldeia das Amoreiras).

O décimo moinho a integrar a exposição ficou a cargo dos artesãos do Município que conceberam o protótipo: Élio Inácio, José António da Silva, Inácio Guerreiro e António José Ramos.

Esta iniciativa do Município de Odemira surgiu no âmbito da comemoração Dia Nacional dos Moinhos, no dia 7 de abril, desafiando nove artistas locais a mostrarem a sua visão do Moinho de Odemira.Ver mais

Comentários

pub
pub