Conservação dos cavalos-marinhos da Ria Formosa debatida em Olhão

Iniciativa realiza-se no âmbito da campanha “Vamos salvar os cavalos-marinhos” da Fundação Oceano Azul e do Oceanário de Lisboa

Créditos da fotografia: João Rodrigues

O estado das populações de cavalos-marinhos da Ria Formosa vai ser debatido na segunda-feira, dia 17 de Setembro, às 17h00, num fórum que terá lugar no Mercado Municipal de Olhão (Mercado de Peixe).

A iniciativa, organizada pela Sciaena – Associação de Ciências Marinhas e Cooperação e pela Associação Natureza Portugal (ANP) / World Wide Fund For Nature (WWF), apoiadas pela Câmara de Olhão e pelo Grupo de Ação Local do Sotavento, é realizada no âmbito do projeto “Vamos salvar os cavalos-marinhos”, da Fundação Oceano Azul e do Oceanário de Lisboa, ambos patrocinadores da sessão de dia 17.

Esta campanha visa alertar para as ameaças às populações de cavalo-marinho e para a problemática da captura ilegal destes peixes na ria Formosa. Em Olhão, serão debatidas «as questões sociais, legais, económicas e, acima de tudo, da conservação destas populações que já foram consideradas as maiores do mundo», segundo os organizadores do evento.

Programa:

17h00 – Sessão de Abertura

– António Pina (Câmara Municipal de Olhão)
– Tiago Pitta e Cunha (Fundação Oceano Azul)
– Rita Sá (ANP – WWF) e Gonçalo Carvalho (Sciaena)

17h30 – Mesa Redonda

– António Pina (Câmara Municipal de Olhão)
– Marta Rocha (Cooperativa Formosa)
– Miguel Correia (Centro de Ciências do Mar – CCMAR)
– Nuno Filipe Cortes Lopes (Capitania de Faro)
– Rita Pestana (GAL – Pesca)
– Silvia Padinha (Associação Moradores da Culatra)
– Valentina Calixto (Parque Natural da Ria Formosa – PNRF)
– Miguel Gaspar ( Instituto Português do Mar e da Atmosfera – IPMA)*
– Representante do Destacamento de Controlo Costeiro de Olhão*

19h30 – Sessão de Encerramento

José Apolinário (Secretário de Estado das Pescas)*

*A confirmar

Comentários

pub
pub