“Um Mar de Filmes” invade monumentos do Algarve

Mostra de cinema sobre mar, mas também medronho

“Um Mar de Filmes!”, uma mostra de cinema documental de cariz etnográfico ao ar livre, vai invadir, nos sábados do mês de Setembro, a Fortaleza de Sagres, os Monumentos Megalíticos de Alcalar, em Portimão, e Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe, na Raposeira (Vila do Bispo). 

A iniciativa decorre nos dias 1, 8, 15, 22 e 29 de Setembro, nestes monumentos afetos à Direção Regional de Cultura do Algarve.

O filme “O Mar de Sines” fará a abertura do festival na Fortaleza de Sagres, no dia 1 de Setembro, às 21h00, com a presença do realizador Diogo Vilhena e do produtor António Campos.

«Este documentário é um projeto de cinema com a comunidade, que reúne os testemunhos de três gerações de pescadores que conhecem como poucos o mar do sudoeste português: o que o mar oferece e o que o mar reclama; o encanto do mar e a sua dura realidade», explica a Direção Regional de Cultura do Algarve.

“Um Mar de Filmes!” é um projeto do Rizoma Lab – Associação Cultural e tem a coordenação artística e curadoria de Luísa Baptista, produção técnica de Pedro Glória e conta com Carolina Rufino e Diogo Vilhena como programadores associados.

Já a 8 de Setembro, às 21h00, será exibido o filme “É na Terra não é na Lua”, de Gonçalo Tocha, nos Monumentos Megalíticos de Alcalar.

Para 15 de Setembro, fica guardado o filme “A Mãe e o Mar”, do mesmo realizador, que vai ser apresentado, às 21h00, na Fortaleza de Sagres.

A Ermida de Guadalupe será, depois, o próximo monumento a acolher esta mostra, com exibição do filme “Pedra e Cal”, de Catarina Alves Costa, a 22 de Setembro, às 21h00.

O filme “Medronho Todos os Dias” fará o encerramento da iniciativa, a 29 de Setembro, às 21h00, nos Monumentos Megalíticos de Alcalar.

Este filme acompanha o saber singular do processo de produção de aguardente de medronho e a sua presença por toda a região de Monchique. Esta sessão conta com a presença do Grupo Coral da Confraria de Medronho, seguido de uma prova de medronho.

“Um Mar de Filmes!” está integrado no DiVaM 2018 – Dinamização e Valorização dos Monumentos – programa cultural organizado pela Direção Regional de Cultura do Algarve e tem a colaboração do Museu Municipal de Portimão, Câmara Municipal de Portimão e apoio da Quinta do Barranco Longo.

Para mais informações, basta clicar aqui. 

Comentários

pub
pub