Incendiário detido em Serpa pela Polícia Judiciária

Detido está com pena suspensa por ter sido condenado por fogo posto

Um homem suspeito de ter ateado um fogo florestal, junto à barragem do Pedrógão, em Serpa, foi detido pela Polícia Judiciária através da sua Diretoria do Sul. O incendiário, de 54 anos, é um trabalhador rural natural daquele concelho alentejano, com antecedentes criminais, e está com pena suspensa por ter sido condenado por fogo posto.

Segundo a PJ, existem «fortes indícios» de que o homem ateou um incêndio «por ignição direta», na berma da EN 258, junto à barragem de Pedrogão, numa zona de «pasto rasteiro, seco e de fácil combustão».

«As condições climatéricas, elevadas temperaturas, baixo teor de humidade e vento, aliado às matérias combustíveis ali existentes, eram suscetíveis de contribuir para propagar de forma intensa o incêndio, com fatais e graves consequências para bens pessoais e patrimoniais, o que só não vem a suceder graças à pronta intervenção dos bombeiros», acrescentou a Judiciária.

O detido vai ser presente a Tribunal para saber quais as medidas de coação que lhe serão aplicadas.

Comentários

pub
pub