De Mateos vence contrarrelógio, mas não tira camisola amarela a Alarcón

De Mateos ficou em terceiro na geral. Joni Brandão foi segundo.

Foto: Louletano/Facebook

Vicente de Mateos (Aviludo/Louletano) venceu esta tarde o contrarrelógio individual da Volta a Portugal, mas o triunfo na última etapa não trouxe alterações na classificação geral. O ciclista espanhol ficou no terceiro lugar da Volta a 11 segundos de Joni Brandão (Sporting/Tavira) e a 1m14s de Raúl Alarcón (W52/FC Porto), que venceu a prova.

De Mateos concluiu o contrarrelógio, em Fafe, de 17.3km, em 25m17.29, conquistando assim a sua terceira vitória na edição deste ano da Volta a Portugal e assegurando a camisola dos pontos.

João Rodrigues (W52/FC Porto) foi o segundo mais rápido, a 21 segundos do ciclista da Aviludo/Louletano, e Alarcón foi o terceiro, a 34 segundos. Joni Brandão ficou na quarta posição a 36 segundos de De Mateos.

Além de Joni Brandão e De Mateos, o “top-10” da volta conta com outro “algarvio”. Frederico Figueiredo, do Sporting/Tavira, ficou na quinta posição da geral.

Na classificação por equipas, a W52/FC Porto também venceu, relegando o Sporting/Tavira para o segundo lugar.

Xuban Errazkin foi o vencedor da classificação da juventude e Alarcón acumulou a vitória na volta com o primeiro lugar na Montanha.

Comentários

pub
pub