pub
Imprimir

Itália descobriu Portugal e é a «grande aposta» da EasyJet em Faro para o Verão

Os italianos estão a descobrir Portugal e podem voar, desde esta sexta-feira, diretamente entre o Aeroporto de Milão/Malpensa e o Aeroporto de Faro, depois de ter sido inaugurada esta nova rota da EasyJet. Portugal «está na moda» em Itália e a companhia aérea aposta forte neste mercado, sendo que, a partir de Julho, também irá ligar Faro a Nápoles.

A Itália é «a grande aposta da EasyJet este ano aqui em Faro» e segundo José Lopes, diretor da companhia em Portugal, foi uma aposta ganha. «A procura está a ser bastante boa. Neste voo tivemos, à chegada, 154 passageiros e 104 na partida. São taxas de ocupação muito boas para um primeiro voo. Isto está a mostrar que havia uma procura não só no sentido Itália – Portugal, que é o sentido mais forte, mas também no sentido inverso. Houve uma reação automática da comunidade italiana residente no Algarve e dos portugueses que querem conhecer a Itália ao encherem praticamente o voo de saída», adianta.

A rota Milão/Malpensa-Faro, inaugurada hoje, tem duas operações semanais, segunda e sexta-feira, já a ligação Faro-Nápoles, que será inaugurada no dia 24 de Julho, terá três voos semanais, às terças, quintas e sábados. Eventuais alterações, no futuro, vão depender do desempenho das rotas.

José Lopes distribui flores à chegada a Faro

Um desempenho que, segundo Francesco Berrettini, cônsul honorário da Itália no Algarve, tem tudo para ser positivo. «Há um aumento de italianos a visitar Portugal e o Algarve. Os italianos ficam muito surpreendidos com a beleza da paisagem e com a forma como são recebidos. Vêm, experimentam a comida, que não conheciam, e ficam apaixonados. Vão passeando, vão descobrindo novas coisas, que nunca foram faladas na Itália e, no fim, quando fazem o balanço, descobrem um país maravilhoso. Está a criar-se um grupo de italianos que está a vir cá pela beleza, cultura, gastronomia e porque gostam do país».

Segundo o empresário italiano, «Portugal está a ser mais conhecido em Itália. Entrou nos programas de televisão principais com um programa dedicado ao Turismo e ao território e está a entrar na moda. Muitas pessoas estão a vir, porque viram na televisão alguma coisa».

A abertura destas rotas diretas, segundo Francesco Berrettini, «ajuda muito o fluxo turístico no Algarve quer para os italianos que vêm de férias, mas também para aqueles que estão cá».

E o número de italianos a viver no Algarve tem aumentado, e muito, nos últimos anos. Segundo o cônsul honorário, «o consulado no Algarve é significativamente mais procurado do que há quatro ou cinco anos».

Os reformados foram os primeiros a descobrir o Algarve, mas agora «há um mix. Há também filhos e netos e a comunidade está a aumentar a diferenciação demográfica. Também viajam por motivos económicos, para instalarem os seus negócios. Há atividade na restauração, há médicos e também há aposta noutros setores como o turismo», conclui.

Alberto Mota Borges, diretor do Aeroporto de Faro, também realça a relevância desta nova operação que «porque reforça a ligação a um mercado em crescimento criando novas ligações e mais conetividade». O responsável felicitou ainda a companhia aérea pelo esforço «na diversificação da oferta de e para o Aeroporto de Faro».

Quem chegou no voo inaugural de Milão/Malpensa terá ficado agradado com a receção ao Algarve. Houve música, foram distribuídas flores, e brindes como chapéus e óculos de sol. Quem partiu também teve motivos para ficar com saudades, uma vez que houve bolo e um beberete durante a espera para o embarque.

Veja na fotogaleria como foi comemorado o voo inaugural entre Milão/Malpensa e Faro:

Fotos: Gonçalo Dourado|Sul Informação

Comentários

pub