pub
Imprimir

«2019 será o ano de abertura do Centro Multimédia da Fortaleza de Sagres»

Futuro Centro Multimédia da Fortaleza de Sagres

Alexandra Rodrigues Gonçalves, diretora regional de Cultura do Algarve, anunciou, em entrevista ao programa «Impressões», uma parceria do Sul Informação com a Rádio Universitária do Algarve (RUA FM), que está «em finalização a revisão do caderno de encargos» do Centro Multimédia, que será instalado na Fortaleza de Sagres.

Tudo indica que o lançamento do concurso deverá ter lugar ainda este ano, depois de ultrapassados alguns passos burocráticos necessários: «esperamos, no segundo semestre do ano, ter boas novas», acrescentou.

A «expectativa» de Alexandra Gonçalves é que, «antes do fim do ano», a instalação esteja a começar, para que o Centro Multimédia abra em 2019.

A intervenção vai custar «mais de um milhão de euros». O que falta fazer é, segundo a diretora regional de Cultura, «o miolo», já que as obras no edifício já foram feitas. «Está a embalagem feita, falta o conteúdo», explicou.

O Centro Multimédia, revelou igualmente Alexandra Gonçalves, não se destina apenas aos turistas, mas também a toda a comunidade, «em especial às escolas». Há, aliás, «um projeto educativo associado», que está já a ser desenvolvido pela equipa da Fortaleza de Sagres.

A diretora regional de Cultura recordou que a Fortaleza de Sagres, o terceiro monumento mais visitado a nível nacional, «é um espaço que tem uma pressão de visitas muito elevada». Entre Janeiro e Maio deste ano, a Fortaleza já recebeu 128 mil visitantes. Só no mês de Maio, ultrapassaram os 45 mil visitantes, «o que é uma coisa pouco comum».

Mas, por causa dessa pressão, os esforços para garantir a manutenção do espaço também são «enormes». Por isso, pelo número de visitas que recebe, mas sobretudo pelo que o monumento representa em termos de história regional, nacional e até mundial, a Fortaleza de Sagres «carece» de ter este Centro Multimédia.

 

Oiça aqui, na íntegra, a entrevista de Alexandra Gonçalves ao programa «Impressões».

 

 

Comentários

pub