Semana Académica arranca hoje com «cartaz mais forte do que nos últimos anos»

A Semana Académica do Algarve começa já hoje, 3 de Maio, e este ano o cartaz, além de «apelativo», é […]

A Semana Académica do Algarve começa já hoje, 3 de Maio, e este ano o cartaz, além de «apelativo», é «mais forte do que nos outros anos». O facto de o evento se ter mudado de novo para o Largo de São Francisco, no centro de Faro, também é outro «ponto positivo», que se espera que atraia mais pessoas à festa dos estudantes algarvios.

Estas são, pelo menos, as expetativas de Pedro Ornelas, presidente da Associação Académica da Universidade do Algarve (AAUAlg), expressas em entrevista ao Sul Informação. 

«A novidade este ano, e o ponto positivo, é que temos o recinto dentro da cidade. Por isso, acreditamos que vamos ter um acréscimo no número de pessoas que vão à Semana Académica, abrangendo uma faixa etária mais elevada», disse.

É que o objetivo passa por tornar o evento «não só para os estudantes, mas para a cidade em geral», considerou o presidente da AAUAlg.

A Semana Académica, que começa hoje com a Monumental Serenata (nas escadarias da Sé e com entrada livre) e dura até 12 de Maio, vai contar com concertos de dois artistas internacionais, algo que salta à vista no cartaz. Os Bass Jackers, dupla de DJs, atuam no último dia, enquanto Jojo Todynho, artista brasileira que ficou conhecida com o sucesso “Que Tiro Foi Esse”, subirá ao palco dia 11.

Pedro Ornelas Foto: Hugo Rodrigues | Sul Informação

Mas Pedro Ornelas acredita que há outro dia «forte» nesta Semana Académica, além destes dois: a quarta-feira (9), que será dedicada ao hip-hop, com Valete, Kristóman e ProfJam.

«A aposta num dia de semana já é recorrente. Tivemos de fazer investimento um pouco maior, mas estamos dentro da linha do que costuma ser o orçamento», explicou o presidente da AAUAlg ao nosso jornal.

Nos restantes dias de Semana Académica, os nomes em destaque vão ser Richie Campbell e Slow J, no sábado, 5 de Maio, bem como Calema (11) e Dillaz e Blaya no último dia de “País das Maravilhas”.

Quanto ao número de espectadores, a expetativa passa por ter «25 mil pessoas» no acumulado de todos os dias. «É o mínimo, mas queremos situar-nos entre as 25 mil e as 30 mil pessoas», disse Pedro Ornelas.

Além da música, que é, sempre, o ponto alto da Semana Académica, o evento conta ainda com a tradicional Bênção das Pastas para os finalistas, no sábado, 5 de Maio, a realizar-se às 15h00 no Estádio de São Luís, em Faro. Já o desfile académico decorre na segunda-feira, com início no Campus da Penha, também às 15h00.

Os bilhetes para a Semana Académica podem ser comprados aqui, evitando as filas no recinto.

Comentários

pub
pub