pub
Imprimir

Reabilitação da aldeia de Martim Longo deve estar concluída em Junho de 2019

A reabilitação da zona central da aldeia de Martim Longo já começou e deverá estar concluída em Junho de 2019. O investimento ultrapassa o meio milhão de euros, com 332 mil a ser garantidos pela União Europeia, através do CRESC Algarve 2020.

Esta obra «pretende valorizar o património histórico local, divulgar os produtos e recursos endógenos, promover o acolhimento ao visitante e melhorar as condições de usufruto e de acesso à informação por parte dos residentes e turistas», segundo a Câmara de Alcoutim.

Esta intervenção, que está a ser realizada no âmbito do Plano de Ação de Desenvolvimento de Recursos Endógenos (PADRE), incide «ao longo das principais ruas e largos da aldeia de Martim Longo e no 1º Piso edifício do Espaço Gerações (anteriormente denominado Espaço Cidadão)».

Neste momento, já foi «executado o projeto do edifício do 1º Piso do Espaço Gerações, encontrando-se em fase de concurso a empreitada para a execução do restante projeto, estando prevista a sua conclusão em Junho de 2019».

«Esta renovação passa pela melhoria das instalações e das atividades nelas desenvolvidas e cumpre os objetivos a preservação, valorização e divulgação do património existente, refrescando o interesse dos alcoutenejos e visitantes», enquadrou o presidente da Câmara de Alcoutim Osvaldo Gonçalves.

Comentários

pub