pub
Imprimir

Portimonense perde com o Sporting e ainda não tem manutenção assegurada

O Portimonense perdeu com o Sporting (1-2), em jogo a contar para a 32ª jornada da I Liga, disputado este sábado, 28 de Abril. A equipa de Portimão sofreu o golo da derrota perto do final do encontro e ainda não garantiu a manutenção na I Liga.

À procura de ainda lutar pela conquista do Campeonato, o Sporting foi a equipa que entrou melhor no jogo. Logo aos 3 minutos, na sequência de um canto, Acuna cabeceou para grande defesa de Leonardo, já em cima da linha de golo.

O primeiro sinal de maior perigo para o Portimonense apenas surgiu aos 15 minutos, mas o remate de Nakajima foi fraco, com Rui Patrício a defender sem dificuldade.

O maior ascendente do Sporting acabaria por se materializar em golo. Estavam jogados 23 minutos e Bas Dost, de cabeça, passou para Bruno Fernandes. Isolado, o médio criativo leonino fez um chapéu a Leonardo, com a bola a só parar no fundo das redes.

Sofrer o golo pareceu fazer bem ao Portimonense. A equipa algarvia avançou as linhas, chegou com mais perigo ao ataque e, aos 41 minutos, festejou. Tabata cruzou e Fabrício, dentro da área, rematou para o golo do empate.

Se na primeira parte tinha sido o Sporting a entrar melhor, no segundo tempo foi a equipa de Portimão. Aos 48 minutos, Nakajima, em boa posição, podia ter feito o golo, mas rematou muito ao lado. Já aos 61, foi o Sporting a ter oportunidade flagrante de golo.

Gelson isolado falhou o golo e, na ressaca, foi Bruno Fernandes a não conseguir cabecear para o fundo da baliza. O restante jogo ficou marcado pelo equilíbrio. Tanto Sporting como Portimonense sentiram que podiam ganhar o jogo e apostaram nisso mesmo.

E foi já da bancada, após ter sido expulso, aos 63 minutos, por um desentendimento com Petrovic, que Vítor Oliveira viu a sua equipa sofrer o golo da derrota, quando até parecia que o Portimonense poderia marcar, aproveitando o balanceamento leonino para o ataque.

Bruno Fernandes fez mais uma obra de arte nesta I Liga. Perto da área, o português dominou de peito e rematou de primeira para o fundo das redes, quando estavam decorridos 89 minutos. Machadada final no jogo e o Portimonense acaba a época sem conseguir roubar pontos aos grandes, nos jogos em Portimão.

 

 

Fotos: Nelson Inácio | Sul Informação

 

Comentários

pub