pub
Imprimir

Há um novo projeto para promover o Algarve como destino internacional de caminhadas

João Ministro, diretor da empresa ProActiveTour

O Walking Festival do Ameixial, o Festival de Caminhadas de Alcoutim e ainda um novo, a realizar-se em Lagos, promovido pela associação Almargem, fazem parte do calendário da “Algarve Walking Season”. O novo projeto nasce para promover, em conjunto, as três iniciativas e com a ideia de, com isso, «atrair mais pessoas» à região.

A “Algarve Walking Season” vai ser apresentada oficialmente na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), que começa amanhã, 28 de Fevereiro, e se prolonga até 4 de Março, mas, ainda antes, o Sul Informação conversou com João Ministro, diretor da empresa ProActiveTur e um dos rostos do novo projeto, que é promovido pela cooperativa QRER.

«Nós, responsáveis pelo Walking Festival do Ameixial, temos estado sempre em contacto com o Festival de Caminhadas de Alcoutim e começámos a discutir, com eles e com a Região de Turismo do Algarve, a ideia de tentar fazer uma articulação ente festivais, havendo uma maior cobertura da região também», explicou.

Assim surgiu uma candidatura ao programa “Valorizar”, do Turismo de Portugal, já aprovada, e que permite que nasça a “Algarve Walking Season”. A ideia é ter um festival no Sotavento (Alcoutim), outro no Barlavento (Lagos) e um no Algarve mais central (Ameixial).

O objetivo também passa por cada festival se realizar em estações do ano diferentes: o do Ameixial na Primavera, o de Alcoutim no Inverno, e o novíssimo festival de Lagos no Outono.

Walking Festival Ameixial

«Quisemos fazê-lo por estação, menos no Verão devido ao calor, para que as pessoas tenham diferentes motivações para vir ao Algarve e não existam sobreposições. Por isso, haverá caminhadas diferentes de acordo com a estação e temáticas distintas em sítios diferentes», disse João Ministro.

Ainda assim, a base será sempre a mesma: caminhar e descobrir os recantos do Algarve.

Além disto, os três festivais também são um produto turístico diferente do tradicional sol e praia e ajudam a desenvolver a economia local.

No fundo, o novo projeto quer servir para promover, em conjunto, os festivais, por exemplo, no que toca ao marketing digital, merchandising e ações com jornalistas.

«Queremos um calendário que todos os anos seja lançado e possa crescer em termos de eventos. A ideia é promover, sempre de forma articulada, os vários eventos de caminhadas do Algarve e assim atrair mais pessoas, mais vezes, ao Algarve», explicou João Ministro.

É que, reforçou, «já há um público consolidado. Nós, no Ameixial, sentimos isso, mas queremos continuar a captar gente de fora do Algarve e do estrangeiro. Este projeto vai reforçar essa possibilidade».

«O Algarve já está à frente, por muitos motivos, no turismo de natureza e caminhadas. Isto vem fortalecer ainda mais o papel da região no mercado», concluiu.

O Festival de Caminhadas do Ameixial já tem data marcada para este ano (27 a 29 de Abril), assim como o de Alcoutim (de 9 a 11 de Março). Já o novo festival, a realizar-se em Lagos, ainda não tem data certa, mas, ao que o Sul Informação apurou, acontecerá em Novembro.

Comentários

pub