pub
Imprimir

Cruzeiro com geringonça a bordo e as bolas de Reinaldo animam o “Carnaval Summit de Loulé”

As bolas (de ouro) do Reinaldo, um Cruzeiro Summit, com toda a geringonça a bordo, e até um RoboCosta. Já se sabe que a sátira está sempre presente no Carnaval de Loulé e este ano não será exceção. A 11, 12 e 13 de Fevereiro, o corso sai à rua com a Web Summit como tema geral. 

A conferência sobre tecnologia que, já há dois anos seguidos, se realiza em Portugal é o mote para a folia que vai invadir a Avenida José da Costa Mealha.

A escolha do tema não é inocente. «Fazemos sempre uma leitura e análise do que tem acontecido no último ano em Portugal. Este ano, decidimos satirizar o que tem sido a Web Summit», explicou Carlos Carmo, vereador da Câmara de Loulé, na conferência de imprensa de apresentação do Carnaval, que teve lugar esta sexta-feira.

Quem for ver o corso vai encontrar também uma Kids Summit, com muitos emojis à mistura, mas também Summit no Batuque, com cheirinho a Brasil.

No total, vão ser 14 os carros alegóricos a desfilar, mas os temas não se esgotam na conferência tecnológica. Reinaldo (Cristiano Ronaldo), com um olho no Mundial deste ano, na Rússia, também vai marcar presença, assim como o Muro da Trumpalhada, com Donald Trump e Obama, e o algarvio Centeno d’Ouro.

Para embelezar os carros alegóricos, que ainda estão a ser feitos, são usadas entre «400 a 500 mil flores», disse Palhó, o principal criativo do evento, ao Sul Informação. 

O algarvio Mário Centeno (ainda faltam retoques…)

É que, na oficina do Carnaval, junto à Zona Industrial de Loulé, um grupo de cerca de 50 pessoas ainda trabalha para que, nos dias de corso, nada falhe. Por exemplo, o carro de Reinaldo está em fase de conceção, só se vislumbrando, por enquanto, a mãe Dolores e o rival Lionel Messi…

Este ano, uma das grandes diferenças do Carnaval de Loulé diz respeito aos dias de corso. Desde há alguns anos que sábado, domingo e terça-feira eram os dias de folia, algo que foi mudado este ano, voltando-se à fórmula dos três dias seguidos: domingo, segunda-feira e terça-feira.

«Tivemos a perceção de que os louletanos gostariam disso. Esta decisão também teve como objetivo possibilitar que se possa usufruir dos outros corsos do concelho (Quarteira e Alte)», explicou o vereador Carlos Carmo.

Por exemplo, no sábado, dia 10, há corso em Quarteira e não em Loulé, o que poderá levar os foliões a visitar o Carnaval da cidade piscatória.

Quanto à afluência prevista para o corso do Carnaval de Loulé, não há uma previsão exata. O que existe, ao invés, é uma estimativa do total de pessoas que visitam o concelho durante aqueles dias: «entre a 80 a 100 mil», segundo Carlos Carmo.

Em termos da segurança do evento, também está tudo delineado. «Temos sempre bem presentes as medidas de segurança. Está tudo preparado para fazer face a qualquer ocorrência, mesmo possibilidades de terrorismo», referiu o vereador da Câmara de Loulé.

Já o orçamento total do evento vem «na linha» do de 2017: cerca de 300 mil euros.

As lutas do futebol também marcam presença

Quem também não podia faltar ao Carnaval era Marcelo Rebelo de Sousa. O Presidente da República vai chegar como “o bombeiro dos afetos”. A ideia é prestar homenagem àqueles que combateram os incêndios que assolaram Portugal em 2017.

Tal como é hábito, o corso carnavalesco vai igualmente recordar uma figura relacionada com o evento louletano. Desta feita, o homenageado vai ser o senhor Semião, já falecido, mas que costumava participar no corso ao volante da sua carroça.

Os desfiles arrancam sempre às 15h00. O preço das entradas é de 2 euros. As receitas arrecadadas irão reverter, em 50% para Instituições Particulares e Solidariedade Social (IPSS) do concelho, e outros 50% para as associações participantes no corso.

Além do desfile, que acontece durante três dias, o programa de Carnaval de Loulé apresenta uma série de atividades que pretendem dinamizar a cidade nesta época do ano em que são muitos os turistas que escolhem o concelho para umas miniférias.

O Baile de Gala dedicado ao “Loulé Summit” irá reunir os foliões na noite de segunda-feira, dia 12, no “Palácio” do NERA, na Zona Industrial, que irá transformar-se numa espécie de Panteão Nacional, recriando o muito falado evento de encerramento do Lisboa Web Summit.

O público é convidado a vestir-se de acordo com o tema e a participar nesta festa animada pela Arte & Música Big Band e Banda Fora D’Horas.

O desporto irá também estar em destaque nestes dias, com eventos emblemáticos nos calendários das respetivas modalidades nesta altura do ano: Torneio Internacional de Vela Carnaval de Loulé (10, 11 e 12 de Fevereiro, em Vilamoura), Marcha-Corrida de Carnaval (9 de Fevereiro, com partida na Praça da República, a partir das 20h00), Etapa Regional de Surf (10 e 11 de Fevereiro, Praia da Falésia, das 8h00 às 18h00), Grande Prémio de Atletismo Carnaval de Loulé (11 de Fevereiro, 9h30, Avenida José da Costa Mealha) ou Vilamoura Atlantic Tour (arranca dia 13 de Fevereiro).

 

Fotos: Pedro Lemos | Sul Informação

Comentários

pub