pub
Imprimir

Concurso para construção de rotunda de acesso da EN2 à Via do Infante já foi lançado

A empresa Infraestruturas de Portugal (IP) lançou, esta terça-feira, 12 de Setembro, o concurso público para construção da rotunda de acesso da EN2 à Via do Infante, no atual cruzamento para São Brás de Alportel e Estoi. 

Esta obra tinha sido anunciada, em Maio, aquando de uma visita de Pedro Marques, ministro do Planeamento e Infraestruturas, ao Algarve, mas só agora avança. A rotunda tem como objetivo acabar com os acidentes, muitos deles mortais, no atual cruzamento da EN2 junto ao acesso à Via do Infante.

A obra tem um investimento previsto de 260 mil euros e a sua «concretização assegurará a melhoria das condições de acessibilidade e de segurança rodoviária», considera a IP. Na altura do anúncio da empreitada, Pedro Marques disse que a futura rotunda estaria pronta «até ao final do ano».

A zona é muito frequentada por veículos pesados, algo que será tido em conta, uma vez que a estrutura terá «dimensão suficiente, por forma a garantir a fluidez de tráfego observado».

Além disto, a obra também dará «iluminação» àquele troço, o «que contribui para a resolução do índice de acidentes, principalmente em período noturno», segundo a IP.

Em declarações ao Sul Informação, Rogério Bacalhau disse estar «satisfeito» com o avanço da obra.

«É uma boa notícia para uma zona com muitos acidentes», acrescentou. É que a rotunda vai «servir todos os farenses e as pessoas que nos visitam».

Para futuro, o edil espera que seja construída «a rotunda da EN2 junto ao MARF, para Estoi», na zona do Coiro da Burra.

Quanto a Vítor Guerreiro, presidente da Câmara de São Brás, que o Sul Informação ontem tentou contactar sem sucesso, já tinha dito ao nosso jornal, aquando do anúncio da obra, que a construção da rotunda «é algo extraordinário».

«Fiquei bastante feliz com a notícia. É o primeiro passo de algo muito importante para o nosso concelho, seja para o seu desenvolvimento económico, seja para questões de segurança rodoviária», referiu.

 

Foto: Pedro Miguel Duarte

Comentários

pub