pub
Imprimir

Turistas enviam postais de Monchique para o mundo para divulgar o «Topo do Algarve»

Nesta era de sms, whatsup e facebook, já é raro enviar (e receber) um postal ilustrado, enviado pelo correio normal. Mas Monchique está a fazer renascer essa moda de férias, oferecendo aos turistas que visitam o topo do Algarve a possibilidade de personalizar e enviar, de graça, um postal para a família e amigos, em qualquer ponto do mundo.

Esta original campanha de promoção turística do concelho está a ser promovida pela Câmara Municipal de Monchique, às quartas, quintas e sextas-feiras, até ao próximo dia 15 de Setembro.

Para isso, no Largo dos Chorões, no centro da vila, foi instalado um “posto de turismo” móvel, onde jovens estudantes do concelho, integrados no programa de ocupação de tempos livres de Verão, recebem os visitantes.

Aí, cada turista é convidado a escrever um postal a um familiar ou amigo, que é colocado numa caixa de correio especialmente criada para o efeito. O postal será depois enviado, a expensas da Câmara de Monchique, para a morada escolhida pelo visitante.

A Câmara Municipal criou um conjunto de vinte postais com fotografias do concelho e dos seus mais icónicos artesãos. Os turistas podem escolher o postal que mais lhes agrada entre essas vinte imagens disponíveis.

Mas a campanha não se fica por aí. É depois tirada, pelos jovens anfitriões, uma fotografia polaroid e oferecido um guia de visita ao concelho, onde essa foto é colocada, como recordação.

Na imagem, ficará registada não só a visita ao concelho, como a interação dos turistas com os artesãos que, durante estes dias, estão no Largo dos Chorões a mostrar ao vivo da sua arte ou ofício.

Rui André, presidente da Câmara de Monchique, explicou ao Sul Informação que a escolha destas duas dezenas de fotografias, nomeadamente das que retratam os artesãos, é uma forma de «valorizar esta importante componente da Cultura e Património local», tais como «as tradicionais cadeiras de tesoura, as bonecas de trapo, as mantas e peças tecidas em tear tradicional, a cestaria, as tradicionais rendas, entre outras maravilhas que só as mãos destas pessoas carregadas de história e de afeto conseguem criar».

A campanha começou na semana passada e, segundo Marta Cândido, do Gabinete de Comunicação da autarquia, já houve turistas «chineses, alemães, espanhóis, portugueses e de muitas outras nacionalidades» a enviar postais de Monchique para o mundo.

Esta original campanha é apresentada pela Câmara como «uma ação pessoal e de abordagem direta com o turista», que permite, por outro lado, «a promoção de Monchique e do que de melhor este concelho tem para oferecer».

Só que, em vez de ser uma campanha feita através de publicidade paga ou de um artigo publicado num jornal ou revista internacional, «são os próprios turistas que nos visitam que vão fazer publicidade a Monchique, através desse postal que enviam para um familiar ou amigo, no seu país. É a publicidade boca a boca a funcionar, através de uma mensagem que, quem recebe, interpreta como mais fidedigna», explica o edil Rui André.

«Cria-se assim uma relação de grande empatia com este destino. De tal forma que esses amigos ou familiares, na próxima vez, até poderão pensar em vir a Monchique, trazendo a sua própria família. Este convite a visitar o Topo do Algarve é, sem dúvida, uma das formas mais eficazes de comunicação e fidelização do turista a um destino», acrescentou.

Por isso, já sabe: se nestas próximas semanas (às quartas, quintas e sextas-feiras) e até 15 de Setembro, for a Monchique, não se esqueça de ir até ao Largo dos Chorões para enviar o seu próprio postal personalizado.

 

Comentários

pub