pub
Imprimir

Músico escocês traz ao Forte do Beliche álbum inspirado «nas sublimes paisagens» de Portugal

O músico escocês Sandy Kilpatrick vai apresentar o seu álbum “Confessions From the South”, disco lançado no ano passado e inspirado nas «sublimes paisagens» de Portugal, no sábado, dia 17 Junho, às 18:30, no Forte do Beliche, em Sagres (Vila do Bispo). O evento é de entrada livre e termina com uma visita ao Farol de São Vicente para se assistir ao pôr do sol.

Quem se dirigir ao Forte do Beliche, poderá contar com um espetáculo multissensorial, onde, para além da música, há a possibilidade de ver e sentir a paisagem que inspirou o músico. «Vai ser emblemático. De todos os espetáculos, não quero dizer que é o mais importante, mas é o que está mais focado nos valores do projeto. Será uma celebração da beleza da natureza e ter a oportunidade de tocar as músicas lá é incrível. É uma oportunidade única e estamos muito entusiasmados. E poder partilhar depois, com o público, o pôr do sol, no farol, é fantástico», revelou o músico escocês ao Musicália-Sul Informação.

A viver há 15 anos em Portugal, Sandy Kilpatrick escolheu o nosso país como ponto de partida dum projeto que viaja por quatro nações, onde procura traduzir musicalmente, em forma de homenagem, o que apelida de «sublime natureza». O início deu-se com o lançamento do livro “Terras Últimas”, em parceira com o fotógrafo bracarense Eduardo Brito, numa viagem entre a Finisterra espanhola, francesa e inglesa, ilustrada por uma banda sonora composta pelo escocês.

«Queria fazer um projeto mais amplo e surgiu a ideia de fazer algo sobre a aurora boreal (Noruega), o fenómeno da natureza que me parece mais próximo de uma experiência espiritual. Ao pensar noutros países surgiu naturalmente Portugal, estou aqui há 15 anos e já conheço bem o pais de Norte a Sul, a Escócia porque é a minha Terra e a Irlanda, porque quando lá estudei conheci o trabalho do poeta William Butler Yeats. A riqueza da poesia e da música da Irlanda é enorme para um pais tão pequeno e quero conhecer mais», esclarece Sandy.

Em “Confessions From the South” estão representadas, musicalmente, várias regiões do pais. O primeiro tema a ser conhecido, “Whispering Winds”, teve a sua inspiração na paisagem (e ventos) de Sagres. O músico destaca a «beleza dramática da zona entre Sagres e o Forte do Beliche», com as arribas como símbolo do final da terra, um claro contraste com a calma da paisagem alentejana, onde o Alqueva serviu de pano de fundo para “Hold the Light”. A inspiração veio também da história de Portugal, presente em “Battles”, dedicado a Guimarães, ou das experiencia do músico no Teatro-Circo de Braga, presentes em “Burlesque Sky”.

Ao vivo, Sandy Kilpatrick é acompanhado pela The Origins Band, formação que participou na gravação do disco.

Ouça aqui “Whispering Wind”, a música inspirada na ponta de Sagres:

 

Entrevista a Sandy Kilpatrick na íntegra:

Comentários

pub
pub

Em foco

pub
Logo Lugar ao Sul
pub
pub