pub
Imprimir

“Quem nos escreve da serra” leva «um dos maiores tesouros da arqueologia» a Parises

A exposição de rua itinerante “Quem nos escreve da serra”, que é um «dos maiores tesouros da arqueologia europeia», é inaugurada este domingo, dia 14 de Maio, às 18h00, junto à Capela de Nossa Senhora de Fátima, em Parises, no concelho de São Brás de Alportel.

Esta é uma mostra sobre as estelas com escrita do Sudoeste e da Idade do Ferro. Esta escrita é, inclusive, «é a voz que nos aproxima dos pensamentos e modos de vida do passado, uma imagem de marca da serra que divide o Alentejo e o Algarve e um símbolo privilegiado da herança histórica da região», considera a Câmara de São Brás.

«Ela é, afinal, a primeira manifestação, bem caracterizada, de escrita da Península Ibérica e uma das mais antigas da Europa e que está, ainda hoje, por decifrar», acrescenta.

Os seus conteúdos apresentam a Idade do Ferro, a escrita do Sudoeste, onde habitavam e como viviam e morriam essas comunidades, bem como alguns dos investigadores que em Loulé, Silves e no Museu Nacional de Arqueologia se dedicaram ao tema.

A exposição pretende levar o espaço cultural “Museu” para fora de portas, interagindo com as comunidades locais, contribuindo «para um acesso mais democrático à cultura», diz a autarquia sãobrasense.

Como tal estará visitável a qualquer hora, é gratuita e bilingue.

No espaço contíguo à exposição também podem ser vistas obras contemporâneas dos artistas plásticos Menau, Ângela Menezes e da sãobrasense Ana Isabel Palma que, a partir da escrita do Sudoeste, criaram pinturas murais e um projeto escultórico.

Organizada pela Câmara Municipal de São Brás de Alportel em parceria com a Câmara Municipal de Loulé e o Projeto ESTELA, a exposição estará patente ao público até ao dia 16 de Julho.

A exposição conta ainda com o apoio do Museu Nacional de Arqueologia (Direção-Geral do Património Cultural), do Museu Municipal de Faro e da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Teve também a colaboração da Direção Regional de Cultura do Algarve, da Junta de Freguesia do Ameixial, da Junta de Freguesia de Benafim, da Junta de Freguesia de Salir e da Direção-Geral do Património Cultural.

A inauguração terá lugar durante a Festa dos Tabuleiros Floridos – Nossa Senhora de Fátima que decorre em Parises durante o fim de semana. «A exposição de ângela Meneses terá, na Procissão de Velas que se realiza no sábado, 13 de maio, às 21h30, uma inigualável presença», conta a Câmara de São Brás.

Comentários

pub
pub

Em foco

pub
Logo Lugar ao Sul
pub
pub