pub
Imprimir

“Rastilho” acende na Bordeira para passeio que é um espetáculo

Bordeira

Teatro, música, dança e animais numa sala de espetáculos que tem como pano de fundo as paisagens aljezurenses. Este é o “Rastilho” que se vai acender entre sexta-feira, dia 14, e domingo, dia 16, na Bordeira, em Aljezur.

Este projeto, que começou com uma residência artística, vai sair para a rua, ou melhor, para percursos na natureza, com o objetivo de levar os participantes a «descobrirem esta natureza que aqui está em força, a partir das artes, da música e da dança», explicou ao Sul Informação Giacomo Scalisi, co-responsável pelo Lavrar o Mar, juntamente com Madalena Victorino.

Giacomo Scalisi e Madalena Victorino

“Rastilho” reúne «18 pessoas desta zona, artistas amadores e profissionais que nunca trabalharam juntos. A Madalena Victorino reuniu-os todos para imaginar estes percursos» artísticos, acrescenta.

Para Giacomo, este é «um projeto importante, porque utiliza muitas pessoas que aqui estão e dá-lhes uma oportunidade de criar em conjunto. É um projeto de raiz, mesmo ligado ao território. Tem pessoas de Monchique, Aljezur, também de Odemira, e é um momento importante de criação artística no território».

“Rastilho” é «um exemplo muito claro daquilo que é o nosso projeto Lavrar o Mar, que se quer sedimentar no território, ir em profundidade e utilizar as forças ativas que aqui estão para mostrar e criar uma ponte entre a natureza e a arte».

Ensaio. Foto: Facebook Lavrar o Mar

Segundo Giacomo Scalisi, o Rastilho quer chegar às «pessoas que querem vir visitar o território, chamar os turistas. Não só aqueles do Algarve mais litoral, mas aqueles que vêm aqui procurar outras visões da vida ligadas à natureza, pessoas que procuram uma alternativa de vida à nossa sociedade».

Este passeio/espetáculo está marcado para as 16h00, com ponto de encontro no Largo da Igreja da Bordeira. O percurso tem a extensão de três quilómetros, por isso, a organização aconselha o uso de calçado confortável.

Além da caminhada e das artes, o espetáculo compreende «pequenas delícias campestres».

Os bilhetes, que podem ser adquiridos aqui, custam 8 euros, sendo que crianças dos 6 aos 12 anos pagam metade desse valor.

“Rastilho”, que integra a programação do 365 Algarve, é uma co-criação entre Madalena Victorino, Alice Duarte, Albina Petrolati, Ana Ferraz, Ana Raquel Martins, Anitxa, Arantxa Joseph, Ask Hove, Conceição Gonçalves, Enano Torres, Filipe Galvão, Joaquim Madaíl, Júnior, Leo Lobo, Mathilde Major, Nuno Salvado, Patrick Murys, Pedro Salvador, Remi Gallet, Ricardo Machado, Rouxinol, Sara Palácios, Sofia Von Mentzingen, Swann Ricchini, Thorsten Grutjen e Tó Mandala.

Comentários

pub
pub

Em foco

pub
Logo Lugar ao Sul
pub
pub