pub
Imprimir

Mesa redonda em Faro debate reflexos e imbricações entre «Literatura e Diplomacia»

Eça de Queirós, Guerra Junqueiro, Manuel Teixeira Gomes, o atual ministro da Cultura Castro Mendes, Vinicius de Moraes, João Cabral de Melo Neto, Guimarães Rosa, Stendhal, Chateaubriand. Todos estes escritores de Portugal, Brasil e França, e muitos outros mais, dos mesmos países e de nações diferentes, foram escritores e diplomatas.

Para conversar sobre isso, o Consulado Geral do Brasil no Algarve promove amanhã, sexta-feira, dia 10, uma mesa-redonda sobre «Literatura e Diplomacia: reflexos e imbricações». Será às 17h00, no auditório da Biblioteca Municipal Ramos Rosa, em Faro, com entrada livre.

Cláudio Guimarães dos Santos, vice-cônsul e chefe do Setor Cultural e de Cooperação Educacional do Consulado-Geral do Brasil em Faro, ele próprio poeta, em entrevista à Rádio Universitária do Algarve (RUA FM), explicou que a iniciativa resulta de parecer que há «uma relação, que essa mesa redonda se dedica a explorar, entre o facto de ser diplomata e o facto de ser escritor».

«Essas coisas, às vezes, não acontecem simultaneamente: há o caso dos escritores que se encaminham para a carreira diplomática, há o caso dos que se tornaram escritores depois de serem diplomatas».

A mesa-redonda, que será moderada pelo próprio Cláudio Guimarães dos Santos, conta com convidados que trarão ainda mais interesse à conversa. «Procurámos convidar pessoas ligadas à literatura e diplomacia e que até fossem escritores», explica o vice-cônsul.

«É o caso de Gonçalo Mourão, nosso embaixador junto à Comunidade de Países de Língua Portuguesa, que além de diplomata é poeta», e que vai estar em Faro para «falar da sua experiência, nesse entremundos, ou nessa união de mundos, entre literatura e diplomacia».

Pedro Ferré, professor da Universidade do Algarve, vai falar «Sobre as viagens: o Eu e o Mundo». «Pelo título da palestra», adivinha Cláudio Guimarães dos Santos, Pedro Ferré falará «dessa dialética do diplomata que se translada para diversos países e vai absorvendo as diversas culturas».

Outro convidado é o poeta Fernando Cabrita, que vai falar do caso «de um protótipo de escritor-diplomata, que depois até deixou a diplomacia, que é o do nosso poeta Vinicius de Moraes, que vamos homenagear na Semana do Brasil, em Outubro».

Mas também o próprio vice-cônsul, enquanto moderador, vai abordar «duas figuras prototípicas que me parecem interessantes: um escritor-diplomata e um diplomata-escritor, que são duas coisas, até certo ponto, bastante diferentes».

A mesa-redonda insere-se em toda a programação cultural que o Consulado-Geral do Brasil em Faro tem vindo a promover e reforçará este ano. E o tema da Literatura e da Diplomacia surge naturalmente, não só pelo facto de Cláudio Guimarães dos Santos ser poeta, mas porque, como explica, «não é por acaso que há escritores que são diplomatas e diplomatas que são escritores, porque uma das coisas que nós mais fazemos na carreira é escrever».

A mesa-redonda, que tem entrada livre, garante o vice-cônsul, não será «hermética, para especialistas», antes pelo contrário. Interessará «aos professores de literatura, aos escritores, aos estudantes das Ciências Humanas, das Relações Internacionais, e ao público em geral».

«Com essa profusão de informação do mundo de hoje, fica claro que o tema das relações internacionais acaba por assumir proporções gigantescas», pelo que esta mesa-redonda e tudo o que por ali se falar ajudará a «compreender melhor o que se passa por trás da cena do relacionamento entre Estados e entre Nações».

A mesa-redonda termina com a oferta um “Porto de Honra” aos presentes, momento organizado pelo restaurante “Tertúlia Algarvia”.

 

Programa:

– “LITERATURA E DIPLOMACIA”
Gonçalo de Barros Carvalho e Mello Mourão
(Poeta e Embaixador do Brasil junto à CPLP)

– “SOBRE AS VIAGENS: DO EU AO MUNDO”
Pedro Ferré
(Crítico Literário e Vice-Reitor da Universidade do Algarve)

– “MEU TEMPO É QUANDO – VINICIUS DE MORAES, POETA E DIPLOMATA”
Fernando Cabrita
(Poeta e Advogado)

– “O ESCRITOR DIPLOMATA E O DIPLOMATA ESCRITOR”
Cláudio Guimarães dos Santos (moderador)
(Poeta e Chefe do Setor Cultural do Consulado-Geral do Brasil em Faro)

 

 

Clique aqui para ouvir a entrevista a Cláudio Guimarães dos Santos na íntegra.

 

Comentários

pub
pub

Em foco

pub
Logo Lugar ao Sul
pub
pub