pub
Imprimir

Francisco Martins recandidata-se à Câmara de Lagoa, Luís Veríssimo é novidade em Ferragudo

«Em equipa que ganha não se mexe», disse, recorrendo à linguagem do futebol, Luís Encarnação, presidente da Concelhia do PS/Lagoa, ontem, ao fim da tarde, na conferência de imprensa de apresentação dos candidatos socialistas às autarquias do concelho.

E assim, Francisco Martins, atual presidente da Câmara Municipal de Lagoa, volta a candidatar-se, assim como José Águas da Cruz (Assembleia Municipal), Joaquim João Paulo (União de Freguesias de Lagoa e Carvoeiro), Joaquim Varela (UF Estômbar e Parchal) e Luís Bentes (Junta de Freguesia de Porches).

A única novidade nas listas do PS lagoense é a candidatura de Luís Veríssimo, à Junta de Freguesia de Ferragudo, já que o atual presidente, Luís Alberto, atingiu o número limite de três mandatos. «A nossa aposta é num ferragudense que gosta muito da sua terra», garantiu, na conferência imprensa, o presidente do PS/Lagoa.

«Há quatro anos, o PS ganhou tudo o que havia para ganhar, em termos de Autárquicas, em Lagoa. Nestas eleições temos todas as condições para repetir esse cenário», defendeu Luís Encarnação, que é ele próprio vereador.

A equipa que irá acompanhar Francisco Martins na lista para a Câmara Municipal ainda não está definida, nem se sabe se manterá todos os nomes que atualmente fazem parte do executivo permanente da autarquia – Nuno Amorim (vice-presidente), Luís Encarnação e Anabela Simão. Interrogado pelo Sul Informação, o atual presidente da Câmara disse a composição da lista será anunciada «até final de Abril».

«Esta primeira fase era uma decisão minha, pessoal, de me candidatar ou não», explicou o recandidato. Quanto à equipa atual do executivo permanente lagoense, Francisco Martins diz que «comungamos todos do mesmo projeto, falamos entre nós, trocamos ideias, com lealdade».

Tendo, em 2013, quando se candidatou pela primeira vez à Câmara, traçado um objetivo para três mandatos, o autarca socialista diz que grande parte dos objetivos traçados para o primeiro mandato foram ou estão a ser «concretizados».

«Mas o que fugiu ao meu diagnóstico foi o que vim encontrar na Câmara: ausência total de estratégia para o concelho e uma Câmara desmotivada e acomodada. Esse foi o principal obstáculo. Quando cheguei não havia um projeto, uma estratégia, um rumo», garante.

Por isso, explica, os primeiros dois anos à frente da autarquia de Lagoa foram passados a «estruturar as coisas»: e agora, Francisco Martins espera ter «a revisão do PDM aprovada até ao final do mandato, já tendo prontos o Plano de Mobilidade do concelho e o Plano Estratégico». Agora, anuncia, «tenho projetos para todas as freguesias».

E já há obras importantes a decorrer no terreno: desde logo as do centro de Lagoa, que estão a decorrer «dentro dos prazos» e deverão estar concluídas em «finais de Março, princípios de Abril», mas também a requalificação da rua Infante Sagres, no Parchal, que é uma das entradas no concelho, para quem vem de Portimão e atravessa a Ponte Velha do Arade, bem como o percurso pedonal Carvoeiro/Rocha Brava, que dá seguimento ao percurso já instalado e de grande sucesso. Mas há outras obras em curso ou prestes a ser lançadas.

Depois de reorganizada a Câmara, de feitos os projetos e lançadas as obras, Francisco Martins admite que, «num segundo mandato não teremos desculpas para atrasos e desvios».

Com a recandidatura de todos os atuais presidentes das Juntas e Uniões de Freguesia, a única novidade, como já se disse, é Luís Veríssimo, um elemento histórico dos socialistas lagoenses, para Ferragudo. Será que o candidato se impôs ao partido?

O presidente do PS/Lagoa, na conferência de imprensa, admitiu que «inicialmente», os socialistas tinham pensado avançar com uma «solução mais jovem e fizemos trabalho interno para isso». «Mas quando surgiu a disponibilidade do Luís Veríssimo, que conhece tão bem Ferragudo», a escolha recaiu neste militante, que já exerceu este cargo antes, durante três mandatos.

Por seu lado, Veríssimo explicou: «gosto demais do partido Socialista para lhe querer causar qualquer problema». E deu a entender que a decisão de se voltar a meter na política ativa nem sequer é do agrado da sua família («agora tenho os netos para dar atenção»).

No entanto, garantiu, a sua lista para a Junta de Freguesia de Ferragudo terá «muitos jovens»: «irei rodear-me de gente para o futuro», anunciou.

Quanto a José Águas da Cruz, que é o presidente da Assembleia Municipal de Lagoa no mandato atual e agora se recandidata a um cargo que conhece bem (foi também presidente da AM entre 2005 e 2009, quando o PS era oposição), disse que «neste mandato, à semelhança do executivo camarário, estive em processo de aprendizagem».

Águas da Cruz realçou as iniciativas que têm sido promovidas para aproximar os cidadãos – e os jovens, sobretudo – da política, e afirmou que «estimular a participação cidadã» continuará a ser, caso venha a ser eleito de novo, um dos seus principais «combates». «Ainda não há tanta participação dos cidadãos como gostaríamos», admitiu.

Depois de dados a conhecer os cabeças-de-lista do PS aos vários órgãos autárquicos do concelho, as listas completas serão anunciadas «até final de Abril».

 

 

Quem são os candidatos do PS para as Autárquicas2017 em Lagoa?

Francisco Martins
Candidato à Câmara Municipal de Lagoa

Nota Biográfica
49 Anos
Enfermeiro desde 1991, exerceu as funções de Enfermeiro Coordenador da unidade de Cuidados Continuados da Santa Casa da Misericórdia de Estômbar, tendo ao longo dos últimos 20 anos exercido a atividade no Concelho de Lagoa.

Politicamente, já pertenceu a todos os órgãos do Poder Local:
De 1997 a 2001 foi Membro da Assembleia Municipal
Entre 2002 e 2004 foi Vereador da Cultura e Desporto da Câmara Municipal de Lagoa;
De 2005 a 2009 foi membro da Assembleia de Freguesia de Lagoa.
De outubro de 2009 a outubro de 2013 foi Presidente da Junta de Freguesia de Lagoa.
Desde outubro de 2013, Presidente da Câmara Municipal de Lagoa.

 

José Águas da Cruz
Candidato à Assembleia Municipal de Lagoa

Nota Biográfica
62 Anos de idade, Advogado, com escritório e residência na cidade de Lagoa, onde exerce a sua atividade profissional há 35 anos.

Da sua participação cívica e política na vida pública, destaca-se o desempenho dos seguintes cargos:
Fundador da Secção Concelhia do PS/Lagoa;
Fundador da Associação de Estudantes do ex-Liceu de Portimão;
Membro da Assembleia de Escola da Faculdade de Direito de Lisboa;
Membro da Comissão Nacional da JS e do PS;
Membro da Comissão Politica, do Secretariado e do Conselho de Jurisdição da Federação do PS/Algarve;
Fundador e membro dos órgãos sociais do Lions Clube de Lagoa;
Presidente da Assembleia Geral do Centro Popular de Lagoa;
Membro da Direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Lagoa;
Vice-Presidente da Assembleia Geral da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Lagoa;
Membro da Assembleia Municipal de Lagoa;
Coordenador do Grupo Socialista na Assembleia Municipal de Lagoa;
Presidente da Assembleia Municipal de Lagoa ( 2005-2009 );
Membro da Assembleia Metropolitana do Algarve – AMAL ( 2005-2009);

Atualmente desempenha os seguintes cargos:
Presidente da Assembleia Municipal de Lagoa ( 2013-2017 ).
Membro da Assembleia Intermunicipal – AMAL – Comunidade Intermunicipal do Algarve ( 2013-2017 );

 

Luís Veríssimo
Candidato à Junta de Freguesia de Ferragudo

Nota Biográfica
64 anos, natural de Ferragudo. Licenciado em arquitetura, professor de Educação Visual na ESPAMOL, e monitor da cadeira de Projeto de Arquitetura no ISMAT.

Da sua participação cívica e política na vida pública, destaca-se o desempenho dos seguintes cargos:
Presidente da comissão política do PS Lagoa;
Membro do secretariado e da comissão política do PS Algarve
Tesoureiro da Junta de Freguesia de Ferragudo (2 mandatos)
Presidente da Junta de Freguesia de Ferragudo (3 mandatos)
Candidato à presidência da Câmara Municipal de Lagoa (1997)
Vereador da Câmara Municipal de Lagoa (1997-2001)
Membro da Assembleia Municipal de Lagoa (3 mandatos)
Membro da Assembleia Municipal de Portimão (2009-2017)
Deputado na Assembleia da República (VII Legislatura)
Presidente da Assembleia Geral do Lar de Idosos de Ferragudo
Presidente da Assembleia Geral da ACD de Ferragudo
Presidente da Assembleia Geral da SRVF
Presidente do LAC de Lagoa
Vogal da ANAFRE

 

Joaquim João
Candidato à União das Freguesias de Lagoa e Carvoeiro

Nota Biográfica
59 Anos, natural de Estômbar. Para além da sua profissão atual de bancário, foi oficial do Exército durante 6 anos e professor no Ensino Secundário.

Da sua participação cívica e política na vida pública, destaca-se o desempenho dos seguintes cargos:
Membro da Assembleia de Freguesia de Lagoa;
Vereador da Câmara Municipal de Lagoa;
Membro da direção do Centro Popular de Lagoa;
Membro do comando de bombeiros de Lagoa;
Presidente da União de Freguesias de Lagoa e Carvoeiro.

 

Joaquim Varela
Candidato à União de Freguesias de Estômbar e Parchal

Nota Biográfica
58 Anos, natural de Ourique. Exercia a profissão de técnico de vendas, na área alimentar, desde 1980, altura em que se liga ao Associativismo da Freguesia, exercendo os cargos de Presidente da Sociedade Recreativa Capricho Estombarense, Vice-Presidente do Clube de Futebol Os Estombarenses, Presidente da Assembleia Geral da Tascalgarve e atualmente é Presidente da Direção da Tascalgarve, Presidente da Assembleia da Sociedade Recreativa Capricho Estombarense e Presidente do Conselho Fiscal da Santa Casa da Misericórdia de Estômbar.

Da sua participação política na vida pública, destaca-se o desempenho dos seguintes cargos:
Militante do Partido Socialista desde Março de 2005.
Foi eleito na legislatura 2001/2005, desempenhando o cargo de Secretário da Junta de Freguesia de Estômbar
Na legislatura 2006/2009, foi membro da Assembleia de Freguesia de Estômbar.
Em Outubro de 2009, é eleito como Presidente da Junta de Freguesia de Estômbar, sendo por inerência Membro da Assembleia Municipal.
Em Outubro de 2013, é eleito para o seu segundo mandato, agora como Presidente da União de Freguesias de Estômbar e Parchal.

 

Luis Bentes
Candidato à Junta de Freguesia de Porches

Nota Biográfica
48 Anos, natural de Faro. Para além da sua profissão de agente de vendas, é casado e pai de dois filhos.

Da sua participação política na vida pública, destaca-se o desempenho dos seguintes cargos:
Membro da lista para a Junta de Freguesia de Porches em 2009;
Presidente da Junta de Freguesia de Porches 2013 – 2017

 

Fotos: Elisabete Rodrigues|Sul Informação

 

Comentários

pub