pub
Imprimir

Faro: Obras no pavilhão da Escola Afonso III só estarão prontas «no final de Outubro»

Pavilhão Escola Afonso III_1Começaram no final de Junho e queriam-se acabadas a tempo do início do ano letivo, mas as obras no Pavilhão Gimnodesportivo da Escola EB 2,3 Afonso III, em Faro, só terminam «no final de Outubro», disse ao Sul Informação o presidente da Câmara Rogério Bacalhau.

Na prática, isto significa que os alunos deste estabelecimento de ensino terão de esperar, pelo menos, mais mês e meio para poderem voltar a ter aulas no pavilhão.

«O prazo de conclusão da obra é o final de Outubro. Nós tínhamos pedido que fosse mais rápido, mas os empreiteiros tiveram um problema com a remoção do antigo piso do pavilhão. Mas têm estado a trabalhar e nós estamos a acompanhar», assegurou Rogério Bacalhau.

Terá sido esta a principal causa para a falta de conclusão da obra no tempo desejado. A requalificação do pavilhão da Afonso III arrancou no final de Junho, pouco depois do início das Férias de Verão, e queria-se pronta antes do regresso às aulas. No anúncio que fez do começo das obras, há mais de dois meses, a Câmara de Faro garantia que estas estariam, «seguramente, concluídas até ao recomeço do ano letivo 2016/17, também como programado».

Pavilhão Escola Afonso III_3

 

O programa acabou por não se cumprir e os mais de 600 alunos da Afonso III vão começar o ano sem poder ter aulas neste equipamento desportivo. A alternativa serão os campos exteriores existentes na escola.

«A escola sabe disso e continuará a usar o espaço cá fora, tem já alternativa. Durante este mês e meio, a atividade desportiva da Afonso III terá de se adaptar ao espaço existente. Não será o ideal, mas espero que tudo esteja resolvido antes do final de Outubro», segundo Rogério Bacalhau.

Já os muitos clubes e associações que utilizam o mesmo pavilhão, fora do horário letivo, não serão afetados, tendo em conta que «foram entretanto arranjadas alternativas e foram todos distribuídos por outros espaços no concelho».

À noite, há equipas de diferentes modalidades a usar o pavilhão da Afonso III, que mobilizam «milhares de pessoas».

A intervenção, orçada em 150 mil euros, visa a instalação de um «novo e mais moderno pavimento do pavilhão, para substituir o atual, muito usado e em mau estado» e a requalificação dos balneários, «adequando-os às exigências dos dias de hoje».

Comentários

pub
pub

Em foco

pub
pub