pub
Imprimir

FolkFaro: os ritmos do folclore voltam à capital do Algarve

Alemanha 01Os ritmos do folclore voltam a Faro, para a 14ª edição do festival FolkFaro, que decorre de 20 a 28 de Agosto. “Na Senda dos Ritmos do Mundo” é o tema desta edição.

Este ano, o FolkFaro conta com a presença de 16 grupos, selecionados entre mais de uma centena de propostas, quer nacionais, quer internacionais.

Da Alemanha, vem o grupo Ensemble Thea Maass; do Brasil, está confirmada a presença do Conjunto Folclórico Arte Nativa. Já a Parangal Dance Company estará em representação das Filipinas.

De França, atuará o Groupe Folklorique Nice La Belle, e da Geórgia virá a Faro o TSU Folk Dance Ensemble University. Por fim, originário do Quénia, o grupo Nairobi Dance Ensemble também atuará nesta edição do FolkFaro.

Além dos grupos internacionais, haverá, também, lugar para grupos folclóricos nacionais. Estão confirmados, para a 14ª edição do FolkFaro, o Rancho Folclórico de Cabeça Veada, de Porto de Mós, o Rancho Regional de Fânzeres, de Gondomar, Rancho Folclórico de Vila Nova do Coito, de Santarém, e o Grupo Etnográfico Rusga de Joane, vindo de Famalicão.

Brasil 02A região organizadora também estará representada pelo Grupo Folclórico e Etnográfico Amigos do Montenegro e pelo Grupo Folclórico de Faro – Adulto, Infantil e “Cancioneiro”.

Todos estes grupos participarão na Gala de abertura do FolkFaro, que se realiza dia 20 de Agosto, sábado, às 21h30, no Teatro das Figuras, e que contará com a participação especial do grupo Shadows Team.

Este ano, as atuações do FolkFaro regressam ao palco do passeio da Doca, em simultâneo com a Feira dos Doces, Frutos Secos e Bebidas Regionais.

Todos os dias, além dos concertos, haverá participações especiais do Clube de Danças João de Deus, CDA – Companhia de Dança do Algarve, da Versus Tuna, do grupo Urban Xpression e de Sandra Cristo & Filipe Neves.

O FolkFaro terá, também, animações de rua, no Mercado Municipal e na baixa, programas especiais para crianças na Biblioteca e no Refúgio Aboim Ascenção, para idosos em diversas instituições e para reclusos, na Prisão de Faro, ao que se juntam os ateliers de dança na  Escola EB 2,3 Santo António e no Q – Espaço Cultura, e uma Celebração Ecuménica na Igreja da Sé, no último dia de festival.

O FolkFaro é organizado pelo Grupo Folclórico de Faro e conta com o apoio do Município de Faro.

Comentários

pub