pub
Imprimir

Tavira quer ser o «centro do Algarve» durante o Verão

Cenas_rua_2015

Festival Cenas na Rua

O Verão em Tavira promete ser «brutal». Quem o diz é o presidente da Câmara Jorge Botelho, que estima que, entre Julho e Setembro, várias dezenas de milhar de pessoas passem pela cidade para assistir ao festival “Cenas na Rua”, ao “Jazz no Palácio” ou aos concertos no Palácio da Galeria, na Praça da República e no Jardim do Coreto.

Teatro, música, cinema, dança, artes visuais, literatura, visitas ao património, folclore, desporto e feiras temáticas são as propostas do executivo tavirense para o Verão 2016.

cartaz_verao2016A programação começa já na sexta-feira, dia 1 de Julho, com o festival “Cenas na Rua”, que se prolonga até 14 de Julho. «Este é o único festival de teatro de rua a sul do Tejo e este ano tem um reforço de programação. Serão os primeiros 15 dias da programação do Verão em Tavira, com muita qualidade», diz Jorge Botelho ao Sul Informação.

Projetos de Portugal, Espanha, Inglaterra e Itália apresentam espetáculos de novo circo, teatro, marionetas, comédias musical, assim como “stand up comedy”.

Mandrágora, O Bando, Pagagnini, Kumpania Algazarra Cia, Jean Philippe Kikolas, Armação do Artista, Eccentrici Dadarò, Rui Paixão, Aldo Lima, Laitrum Teatre, Ao luar Teatro, Capicua 333 e Enfila S.A. são algumas das presenças neste evento.

A autarquia destaca ainda «os universos geniais de Shakespeare e Cervantes falecidos, no mesmo dia, em 1616».

O Palácio da Galeria também vai ser ponto central do Verão em Tavira. Entre 21 e 23 de Julho, no terraço, haverá o “Jazz no Palácio”, com o Quinteto de Joana Machado (dia 21), Júlio Resende e o fado de Marco Rodrigues (dia 22) e o Quarteto Ricardo Toscano (dia 23).

No mesmo local, mas no parque, haverá concertos de Rodrigo Leão (16 de Julho), Cuca Roseta (29 de Julho), Deolinda (4 de Agosto) e António Zambujo (19 de Agosto). Todos eles «artistas de primeiro plano» que, segundo Jorge Botelho, prometem esgotar os bilhetes disponíveis para estes espetáculos.

Nos claustros do Convento do Carmo, haverá cinema com as mostras de cinema europeu, de 5 a 15 de Julho, e cinema não-europeu, entre 5 de Julho e 15 de Agosto, promovidas pelo Cineclube de Tavira.

Já pela Praça da República e pelo Jardim do Coreto, «marcarão presença intérpretes e projetos musicais conhecidos, como Juan Santamaria e a Banda Musical de Tavira, canto andaluz e fado acompanhados pela música filarmónica (15 de Julho), a Orquestra de Jazz do Algarve, com Maria Anadon (30 de Julho), Selma Uamusse apresenta a nova música de Moçambique (05 de Agosto), “Gala lírica – Mozart”, com cantores do Teatro Nacional de São Carlos (06 de Agosto), “Marafona” (13 de Agosto) e “Retimbrar”, novos projetos da música tradicional portuguesa (26 de Agosto), e Real Combo Lisbonense, com o projeto “Saudade de Você – às Voltas com Carmem Miranda” (27 de Agosto), além do folclore, músicas tradicionais e do mundo, danças de salão, entre muitos outros», explica a Câmara de Tavira.

Deolinda

Deolinda

No Jardim do Coreto, as quartas-feiras são dedicadas ao Fado.

Também o Festival “3 Noites, 3 Sons”, organizado pela Academia de Música de Tavira, tem lugar em Julho.

Ao nível das exposições, o Museu Municipal de Tavira, no Palácio da Galeria, recebe “Palácio de Espanto”, que  apresenta obras da coleção de arte contemporânea da Caixa Geral de Depósitos, «em diálogo com peças de arqueologia e objetos de etnografia do Museu Municipal de Tavira». Continua entretanto em exposição “Dieta Mediterrânica, património cultural milenar”.

Já no Núcleo Islâmico do MMT está patente a exposição “ Tavira Islâmica”, que apresenta a coleção com o ex-libris “Vaso de Tavira”, regressado do Louvre e Rabat, assim como a exposição de fotografias de Cabrita Nascimento “Chefchaouen”.

A Biblioteca Municipal Álvaro de Campos, que organiza a Feira do Livro, terá uma programação semanal de contos e leituras para o público infantojuvenil e também iniciativas para o público adulto.

Jorge BotelhoPor fim, as feiras. A rua do Cais recebe, de Julho a Setembro, várias feiras e mostras, como o “Festival Vinhos e Sabores”  (7 a 10 de Julho), as Feiras dos Stocks (14 a 17 de Julho), do Livro (20 de Julho a 3 de Agosto), dos Ofícios (6 a 15 de Agosto) e das Antiguidades e Velharias (18 a 28 de Agosto).

A IV Feira da Dieta Mediterrânica, de 1 a 4 de Setembro, encerra a programação do Verão em Tavira, mas a sua programação «será divulgada mais tarde», segundo o presidente da Câmara de Tavira.

Com tanto a acontecer na cidade, Jorge Botelho quer que Tavira «seja o centro do Algarve este ano» e acredita que «vão passar dezenas de milhar de pessoas pelo o Verão em Tavira. Teremos uma média de 1500 pessoas na zona da Praça da República, por noite, no mínimo, a assistir aos vários espetáculos. É uma programação muito diversificada, temos desde ranchos, a artes circenses, ópera, música popular…».

Apesar de o Verão em Tavira atrair muito público estrangeiro, Jorge Botelho diz que a programação «será sempre uma manifestação de portugalidade e da nossa cultura. Temos tido sucesso sob a nossa proposta de mostrar a cultura portuguesa, que tem sido uma aposta mais que ganha. Além disso, trazemos artistas nacionais de renome que também são conhecidos lá fora, como o António Zambujo ou a Cuca Roseta».

«É uma programação para todos os públicos, idades e nacionalidades. Queremos ser o ponto de encontro de várias culturas, todos os dias da semana», conclui o autarca.

O programa “Verão em Tavira” é uma organização da Câmara Municipal e da Associação Baixa de Tavira, em conjunto com outras entidades do concelho.

Comentários

pub
pub

Em foco

Sem conteúdo para mostrar

pub
Logo Lugar ao Sul
pub
pub