pub
Imprimir

Bacci chega ao Olhanense «para salvar o clube da descida»

BacciO novo treinador do Olhanense Cristiano Bacci foi apresentado esta tarde no Estádio José Arcanjo, depois de ter orientado o primeiro treino, horas após a saída de Jorge Paixão do comando técnico da equipa. O treinador italiano foi comedido nas palavras, mas disse estar em Olhão com o objetivo de «salvar a equipa».

Para Cristiano Bacci, de 39 anos, «a equipa está numa situação difícil, e temos o objetivo de salvá-lo da descida o mais depressa possível», afirmou.

Bacci estreia-se numa aventura no estrangeiro e assume que «não tenho muita experiência, mas tenho conhecimento e confiança que posso fazer algo por este clube».

A apresentação do novo técnico não contou com a presença nem de Isidoro Sousa, presidente do Olhanense, nem de Nicola Peccini, responsável pela área técnica e desportiva da SAD. O clube realizou uma «apresentação informal», como havia adiantado em comunicado, na sala de troféus do estádio.

Na última semana, o jornal«Record» adiantou que Igor Campedelli, que até há pouco tempo era o principal rosto da SAD rubronegra, está a negociar a venda da sua participação com investidores próximos da Sampdoria e que a escolha deste técnico,bacci com equipa tecnica bem como a chegada de dois jogadores cedidos pelos genoveses no mercado de inverno, já é um indicador da influência do clube italiano no Olhanense.

No entanto, Cristiano Bacci, recusa comentar esse cenário remetendo explicações para a administração da SAD do Olhanense. «Estou aqui apenas a fazer o trabalho de treinar a equipa, tudo o resto é melhor falar com os responsáveis do clube», disse.

A restante equipa técnica de Cristiano Bacci é composta por Paolo Piccareta, que foi adjunto de Paolo Di Canio no Swindon Town e no Southampton, por Matteo Stapafora e por Valter Onofre, que já fazia parte da equipa técnica de Jorge Paixão.

O novo treinador rubronegro assinou um contrato válido até final da época, com opção de renovação.

 

Comentários

pub