pub
Imprimir

Adriana Calcanhotto lança mês de programação intensa no Teatro das Figuras

Adriana CalcanhottoAs mulheres vão estar em destaque a programação do mês de março do Teatro das Figuras, em Faro. A brasileira Adriana Calcanhotto vai estar em Faro já no dia 5 de março, mas há muito mais para ver, desde o humor de José Pedro Gomes, a um concerto une músicas de Pink Floyd a arranjos de Franz Liszt, passando pelo flamenco e uma homenagem às mulheres, no dia a ela dedicado, a nível internacional.

A (intensa) programação do mês é lançada na próxima quinta-feira, com o concerto de Adriana Calcanhotto. A conhecida artista brasileira apresentar-se-á a solo no espetáculo «Olhos de Onda», que nas palavras de artista representa o seu reencontro com a guitarra e algumas das canções que mais a marcaram, «nos reencontrando, como se fosse a primeira vez, nos encontrando pela primeira vez quando é o caso, desejando viver mais uma noite “daquelas”, nos palcos queridos».

No dia 7, um sábado, será dado espaço ao humor, proporcionado por um ator que é uma referência, neste campo. José Pedro Gomes é o protagonista da peça «Estamos Todos?», onde se desdobra em múltiplas personagens «cada uma mais hilariante que a outra».

José Pedro GomesNo Dia Internacional da Mulher, 8 de março, há espetáculo a pensar especialmente no público feminino. Neste dia, o programa vai do canto à dança, passando pelo fado e pela música tradicional portuguesa, numa iniciativa do MDM – Movimento Democrático das Mulheres.

Segue-se mais um espetáculo do ciclo de concertos pedagógicos, a 10 de março, às 10h30. O concerto, promovido pela Orquestra Clássica do Sul e pelo Teatro das Figuras, em colaboração com a classe de Direção de Orquestra da Academia Nacional Superior de Orquestra, será dedicado a Rossini.

No dia seguinte, uma quarta-feira, regressa o Ciclo de Conferências Ideias em Palco. Na edição de março, o convidado é o engenheiro Carlos Pimenta, que irá falar sobre o tema «A Energia Pode ser Totalmente Limpa?».

A 12 de março, há concerto do ciclo de recitais que a Fundação Pedro Ruivo tem vindo a promover no Pequeno Auditório do Teatro das Figuras. No mês que amanhã começa, a convidada é Marta Carvalho de Mata, jovem pianista distinguida com o 2º lugar (categoria A) no XVI Concurso de Piano Maria Campina de 2014.

FF HORIZONTAL Simples_smallNa segunda semana de março, o Teatro farense não irá parar e propõe do XI Festival de Flamenco de Faro, nos dias 13 e 14, que inclui um workshop de iniciação à dança flamenca, com a bailaora Luna Fabiola e o espetáculo «Conexión Flamenca», com José Luis Vidal “El Lebri” e Cristina Gallego, este último, no sábado.

Este será «um espetáculo de enorme beleza visual e sonora que funde as três formas de ver e sentir o flamenco: o toque, o cante e o baile. Mas fundamentalmente, trata-se de um reencontro entre os dois bailaores e os três músicos que os acompanham neste projeto», assegurou o Teatro das Figuras.

Esta semana repleta de eventos termina a 15 de março, um domingo, com novo Concerto Promenade, o segundo da temporada 2015, que celebra a temática «Os Santos Lendários». Neste concerto, Santo António, O Santo Casamenteiro terá o protagonismo e a Orquestra Clássica do Sul será conduzida pelo Maestro John Avery, que é também o autor da obra.

A programação de março do teatro das Figuras segue com uma banda algarvia, os Orblua, que vão apresentar, em primeira-mão, o seu primeiro trabalho «Retratos Cinéticos». «O projeto Orblua caracteriza-se pela originalidade das composições e pelo carácter multi-instrumentista dos três músicos que o compõem. Em palco, a banda utiliza cerca de 20 instrumentos étnicos e contemporâneos para falar sobre o Algarve», descreve a casa que acolhe o espetáculo.

AYSEDENIZ_016_cropped_photo_smallNo dia seguinte, 20 de março, uma sexta-feira, há mais música. A pianista AyseDeniz apresentará o seu trabalho «Pink Floyd Classical Concept», uma interpretação muito pessoal dos temas mais emblemáticos desta mítica banda britânica, à luz do trabalho de Franz Liszt.

«Este álbum teve origem nos arranjos que fiz de três músicas de Pink Floyd, escritos na forma de uma fantasia para celebrar o 200º aniversário de Franz Liszt. Ao contrário de outros ‘covers’, os meus arranjos evoluíram a partir das canções originais e tomaram a sua própria forma, tornando o projeto uma “osmose” entre e música de Pink Floyd e de Liszt», explica a pianista.

No dia 21, haverá novo Fartuna – Festival de Tunas Académicas, que juntará em palco formações musicais da Universidade do Algarve, mas também convidados de diferentes pontos do país.

A programação de março inclui ainda a realização de mais uma sessão do Cineclube de Faro, com a projeção do filme «O Espírito de 45», de Ken Loach, no dia 24, uma terça-feira.

O mês encerra com a 12ª edição do Dançarte – Concurso Internacional de Dança, destinado a jovens bailarinos de escolas nacionais e estrangeiras, que se realizará de 25 a 28 de março.

Comentários

pub
pub

Em foco

pub
Logo Lugar ao Sul
pub
pub