pub
Imprimir

Produtora algarvia lança “crowdfunding” para pagar filme já em rodagem

As filmagens da curta-metragem «A Corda/The Rope» já começaram esta semana e vão-se ficar pelo Algarve. O planeamento original do primeiro filme da We Make Productions previa filmagens nesta região e ainda no Baixo Alentejo, mas «não tivemos orçamento para isso», explicou Pedro Águas, um dos jovens fundadores da produtora algarvia.

É esta falta de orçamento que levou os membros da produtora a puxar pela cabeça para arranjar soluções. E foi assim que resolveram lançar uma campanha de crowdfunding, através de um site na internet, para angariarem os 5500 euros que faltam para poder pôr de pé o filme.

«Essa verba de 5500 euros é o mínimo para cobrir algumas despesas, nomeadamente com a pré-produção, mas não só», acrescentou Pedro Águas.

As despesas incluem o desenho e conceção de todo o guarda-roupa a utilizar na curta-metragem pela costume designer (o guarda-roupa será depois leiloado para contribuir para uma causa humanitária), o desenho do Storyboard pela ilustradora Cátia Filipe, as ajudas de custo da equipa aquando das rodagens, os consumíveis e materiais de produção, a campanha de marketing, a gravação da Banda Sonora Oficial da curta-metragem num conjunto total de sete faixas, a montagem e pós-produção da curta-metragem, bem como masterização áudio e ainda o aluguer de material relevante para o set das rodagens, entre outras.

Já não é a primeira vez que a jovem produtora algarvia recorre ao crowdfunding na internet, uma modalidade de angariação de fundos em que cada pessoa contribui com uma verba entre 1 euro e 1000 euros, recebendo recompensas por isso. Antes, usaram este método para comprar uma máquina de filmar Black Magic Cinema Camara, que lhes permitisse, entre outras coisas, fazer trabalhos como este filme.

Dessa vez, tudo correu bem e a verba necessária foi angariada. Um sucesso que Pedro Águas espera que volte a acontecer desta vez, graças à «generosidade» de todas as pessoas que acreditam no projeto desta curta.

«A Corda» está a ser produzida por uma nova produtora algarvia, We Make Productions, que abraçou este projeto desde o seu início. A esta produção já se associaram várias entidades e empresas, tais como, a Skydraft, a RTS Produções e o Portal do Som. No entanto, para fazer face às necessidades orçamentais da produção, «a equipa está aberta a novas parcerias que potenciem a curta-metragem», salientou Pedro Águas. Além das parcerias, há ainda o recurso ao crowdfunding.

«A equipa da curta-metragem «A Corda» está solidária e tenciona contribuir para uma causa sensível que é a luta contra o cancro. Esta questão, ainda em desenvolvimento, pode associar à produção uma entidade nacional de referência», acrescentou o produtor.

As filmagens, essas, começaram na quarta-feira passada e estão a decorrer na zona de Quelfes, Olhão, ao longo do mês de agosto. Contam com atores e atrizes pouco conhecidos e de pelo menos duas nacionalidades. «É gente do Algarve, mas há uma atriz que está a morar em Londres e duas que são de um país de Leste».

O projeto «A Corda» apresenta-se como uma curta-metragem de género dramático que pretende levar o público a refletir sobre a efemeridade da vida e a relação com o tempo.

A fase de pré-produção iniciou-se no mês de fevereiro deste ano, em Faro, e atual­mente conta com uma equipa com cerca de 30 criativos, técnicos e tradutores numa rede internacional a operar desde diversos pontos da Europa.

Este projeto nasceu em 2011, tendo por base um poema do poeta alentejano Tiago Marcos, na altura a residir na cidade de Faro. «Este poema proporciona facilmente a criação de imagens visuais, o que denota um cariz cinematográfico bastante natural», diz o realizador, também alentejano, Luís Caracinha.

Quem quiser acompanhar a evolução desta produção, pode seguir o projeto através das redes sociais facebook, twitter e YouTube, e subscrever a newsletter onde encontrará, para além dos conteúdos disponíveis, algumas informações adicionais.

 

O que é o crowdfunding?

Crowdfunding (ou financiamento colaborativo) é uma forma simples e transparente de angariação de fundos para um projeto através de uma comunidade online que partilha os mesmos interesses. PPL é uma plataforma que permite reunir essa rede de promotores e os seus apoiantes.

 

Saiba aqui tudo sobre a curta-metragem «A Corda/The Rope».

 

 

Comentários

pub
pub

Em foco

pub
pub