<
Diretora: Elisabete Rodrigues   •   19-04-2014   •   Semana 112

Algarve

Cuidados continuados domiciliários ao domingo não acabaram, garante ARS Algarve

 

A Administração Regional de Saúde do Algarve (ARSA) refutou na passada semana as alegações do Bloco de Esquerda de que se prepararia para deixar de prestar cuidados continuados domiciliários aos domingos, garantindo que a reorganização dos horários efetuada «visou potenciar os recursos humanos disponíveis de modo a assegurar e salvaguardar, sempre que seja necessário, os cuidados de saúde no domicílio a todos os utentes da região».

Segundo os responsáveis pela ARS, as 31 Equipas de Cuidados Continuados Integrados (ECCI) (domiciliários), além dos cuidados que prestam aos dias de semana entre as 8 e as 19 horas, fazem visitas aos pacientes nos feriados e fins-de-semana «de acordo com as necessidades dos utentes e do tipo de tratamento».

«Assim sendo, no Agrupamento de Centros de Saúde Central, que abrange os concelhos de Faro, São Brás de Alportel, Olhão, Loulé e Albufeira, as Equipas de Cuidados Continuados Integrados (domiciliários) prestam apoio nestes cinco concelhos de segunda a domingo, tendo com esta reestruturação sido mesmo reforçado o horário de uma das equipas no concelho de Faro aos sábados, para fazer face às necessidades», segundo a ARSA.

Já no Agrupamento de Centros de Saúde do Sotavento, que integra os concelhos de Tavira, Vila Real de Santo António, Alcoutim e Castro Marim, «a Equipa de Cuidados Continuados Integrados (domiciliários) de Tavira presta apoio os sete dias da semana, enquanto que as equipas de Vila Real de Santo António/Alcoutim/Castro Marim, funcionam de segunda a sábado».

Neste último caso, sempre que sejam sinalizados casos «em que seja necessário o apoio ao domingo e/ou feriado, solicitam autorização ao Diretor Executivo do respetivo ACES que mediante a avaliação clínica autoriza», situação que a entidade garante que ainda não surgiu.

«No Agrupamento de Centros de Saúde do Barlavento, que engloba os concelhos de Portimão, Silves, Lagoa, Lagos, Monchique, Aljezur e Vila do Bispo, o funcionamento das Equipas de Cuidados Continuados Integrados (domiciliários) dos centros de saúde de Lagos, Aljezur, Vila do Bispo, Monchique e Lagoa, sempre foi de segunda-feira a sábado. Com este modelo de funcionamento nunca existiu falta de cuidados de saúde aos utentes integrados nessas equipas», assegurou.

«Na maioria dos casos ao domingo eram asseguradas apenas vigilâncias, que se mantiveram com o reforço de mais uma equipa ao sábado», acrescentou a ARSA.

 

Discussão

Ainda sem comentários.

Comentar

Protected by WP Anti Spam
 

PUB

Fotogaleria em destaque

Facebook

Subscrever newsletter